A A
RSS

O substituto Bourne

por

5 de outubro de 2010

Plantão

A Variety anunciou hoje que Tony Gilroy (diretor de “Conduta de Risco” e “Duplicidade“) foi confirmado no comando do quarto capílulo da saga Bourne. Roteirista dos três primeiros filmes da série, ele não é nenhum paraquedista no universo do espião desmemoriado. O que nos assustou é que Matt Damon ainda não sabe se estará no filme e o estúdio e Gilroy podem continuar a saga com um novo personagem. Na (vã) esperança de que o estúdio não opte pelo óbvio, indo atrás de Shia LaBoeuf ou Chris Pine (e do público que eles trazem), nós pensamos em seis atores que poderiam manter a intensidade e a qualidade do trabalho de Damon na cinessérie.


Jamie Bell é um ótimo ator desde “Billy Elliot”, mostrou que sabe ser herói de ação no “King Kong” de Peter Jackson e desperta as mesmas dúvidas (sobre saber brigar ou não) que Matt Damon despertava antes do primeiro filme da saga. E o tadinho ainda acabou de perder um papel em uma grande franquia (no novo “Homem-Aranha”, que ficou com Andrew Garfield).


Talvez a melhor escolha para manter o nível de tensão e presença de cena de Damon, Jeremy Renner é algo bastante improvável, uma vez que já foi arrematado por Brad Bird e Tom Cruise para o próximo “Missão: Impossível”. Mas a gente pode sonhar mesmo assim.


Outro que já foi arrebatado, no caso por “X-Men: First Class”, é o ótimo Michael Fassbender. O próximo Magneto, mostrou que sabe ser misterioso em “Aquário“, que tem presença de cena em “Bastardos inglórios” e é um astro de ação prestes a ser descoberto. Pena que parece que ele já foi.


Já esse aqui está livre, leve e solto. Ben Foster (que começou em “A sete palmos”) provou que é um ator de rara intensidade em “O mensageiro” e que sabe dar tiros impiedosos em “Os indomáveis“. Se o roteiro for bom, duvidamos que ele perderia essa chance de comprar sua primeira Ferrari.


Ok, sonhar não custa nada. Quem não correria para o cinema para ver um novo direcionamento na série Bourne, em que o protagonista de Damon se associasse a um novo comparsa com um senso de justiça peculiar e tendências um tanto sociopáticas? Fala a verdade. Michael C. Hall é um ator bom demais para não ter uma chance em um grande filme. O psicopata Bourne, alguém?


Por fim, se o objetivo for uma rejevenescida na série, nossa opção seria Emile Hirsch. O menino ainda não teve sorte com blockbusters (alguém se lembra de “Speed Racer“?) e desde “Meninos de Deus” que a gente torce pra ele estourar. E qualquer um que tenha visto seu bom trabalho em “Na natureza selvagem” sabe que ele tem a capacidade de interpretar alguém obstinado a atingir seus objetivos a qualquer custo.

Ok, Hollywood, tá aí. Não tem desculpa agora para escolher um ator meia-boca e acabar com uma das séries mais bacanas do cinema contemporâneo. Mas e você, quem escolheria pra cadeira de Matt Damon. Grite nos comentários aí embaixo quem a gente esqueceu aqui em cima.

Tags: , , , , , ,

Leave a Reply

*

Pílula no Facebook

Enquanto isso, no Twitter

Arquivos

Categorias

-->

resume writing services