Gwyneth Miranda

Nossa avaliação

Ok, algumas observações que não tivemos como deixar passar ao assistir a esse vídeo da Gwyneth Paltrow cantando “Country strong” (música-tema de seu filme homônimo) ontem no Country Music Awards, nos EUA:

1- Se não quiser ouvir Paltrow desafinar por quase quatro minutos, pule direto pros 0:45 segundos e confirme: ela está tocando violão do mesmo jeito que você está descobrindo a cura do câncer agora.

2- Não é só o desafino, mas ela realmente parece com vontade de ir ao banheiro. Perceba que esquisito as pernas meio dobradas e a cara de “que susto, pensei que era só daqui a dez minutos… uhn, não devia ter bebido tanto suco de maçã com rúcula”.

3- Dizer “I’m country strong” não faz muito sentido e Paltrow especificamente cantando isso soa tão convincente quanto se a Sandy fosse a cantora-e-compositora de “Fuck you” do Cee-Lo Green.

4- Aliás, Gwyneth, as Dixie Chicks querem a base das músicas delas de volta.

5- E Chris Martin, tópico para a próxima sessão da terapia de casal: “minha mulher quer a minha carreira. O que isso diz do meu desempenho como marido?.

6- Por fim, lembrem-se: essa é a lombriga que ganhou um Oscar de Fernanda Montenegro e Cate Blanchett. Se ela subir no palco do Kodak Theatre e cantar (sic) isso, nem se Michael Jackson e John Lennon ressuscitarem e fizerem a canção-tema da cinebiografia do Obama, ela perde esse careca.

[ATUALIZADO]: Só piora. Aí embaixo, você confere a moça fazendo muita força para estragar “Fuck you”. Não estaria na hora de decretar uma moratória em “Glee”, mesmo como piada?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009