A A
RSS

4 X Timão

por

3 de agosto de 2011

Receituário, Ressonância

“4 X Timão” é um filme muito específico, feito para um público bem específico.  Voltado exclusivamente para corintianos, este documentário lançado em DVD utiliza ídolos da torcida do Corinthians para representar cada um dos títulos brasileiros do time. “Quando surgiu a oportunidade de fazer um filme sobre o tema, veio a vontade de buscar as histórias pessoais de quatro jogadores que se identificavam com estes títulos”, explicou o diretor Di Moretti no lançamento do filme.

Os quatro escolhidos são Neto (1990), Dinei (1998), Marcelinho (1999) e Betão (2008). Cada título é contado a partir do olhar muito particular de cada um deles, que narram – com humor e emoção – as imagens em sua maioria retiradas de arquivos de tv. A estratégia de individualizar as conquistas por personagens que causem a identificação com espectador funciona em graus diferenciados.

Apesar de ser um filme que não tem como não agradar seu público-alvo, “4 X Timão” possui problemas de narrativa que acabam sendo incontornáveis. Di Moretti opta, de forma acertada, por apresentar os títulos de forma cronológica. E é aí que a coisa complica.

O que acontece é que Neto, exatamente o que abre o filme, é de longe o personagem mais interessante. Suas histórias, sua franqueza cortante e seu bom humor conquistam de cara o espectador e elevam as expectativas para o restante dos ídolos corintianos. Mas a partir daí o que acontece é que a diversão vai ladeira abaixo. De Neto vamos para Dinei (que agora mostra seu carisma em “A Fazenda”), depois Marcelinho Carioca (com jeito de bom menino) até chegar ao tímido Betão. “Tentou-se o Tevez”, explicou Di Moretti, “mas por dificuldades de agenda, foi difícil conseguir a entrevista”.  Talvez com o ídolo do último título brasileiro do Corinthians, o documentário seria mais coeso, sem tantos altos e baixos.

Feito de forma bem tradicional, com cara de produção para a tv, e gols memoráveis para sua torcida, o DVD de “4 X Timão” ainda traz um sub-texto sobre paternidade que é mais do que se espera de um produto destes. Mas não custa lembrar: é um filme específico, para um público específico.

Tags: , , , , , , ,

1 Comments For This Post

  1. heitor Says:

    erro foi não ter lembrado do zveiter, grande responsável pelo tal “título”

Leave a Reply

*

Pílula no Facebook

Enquanto isso, no Twitter

Arquivos

Categorias

-->

resume writing services