A A
RSS

Premonição 5

por

23 de setembro de 2011

Cinema, Receituário

Final Destination 5

EUA, 2011

  • Dir: Steven Quale
  • Elenco: Nicholas D'Agosto, Emma Bell, Ellen Wroe, Meghan Ory, Miles Fisher

Avaliação: ★★★☆☆ 

O quinto filme da série cuja maior diversão é brincar em mostrar formas originais de se morrer mantém a mesma estrutura dos anteriores. E continua apostando no trunfo do 3D.

“Premonição 5” já começa com tudo quanto é coisa explodindo em sua direção nos créditos iniciais, mostrando uma utilização da terceira dimensão bem invasiva (cortesia do diretor Steven Quale, que trabalhou na segunda unidade de “Avatar”), voltada não tanto para a profundidade de campo, mas para objetos jogados em direção ao espectador (sangue especialmente). E o efeito funciona que é uma beleza neste tipo de filme, que não se leva a sério em momento nenhum e abusa do humor nas cenas mais pesadas.

Como nos outros filmes, este “Premonição” tem início apresentando rapidamente cada um dos personagens que irão fazer parte de um grande acidente (no caso, a espetacular queda de uma ponte) e são salvos na ultima hora pela visão de um dos membros do grupo.

Como se salvaram por algum tipo de força sobrenatural, eles passam a ser perseguidos pela própria morte e, a partir daí, o filme desfila uma série de acidentes originais que se tornam hilariamente fatais. Parte da graça da série é tentar descobrir a forma como cada um irá morrer (como não há um assassino como Jason atrás dos jovens, as mortes acontecem meio que por fruto do acaso) e “Premonição 5” brinca com essa premissa, apresentando várias possibilidades de morte que criam expectativa apenas para, em seguida, quebrar com essa expectativa e nos surpreender.

De olho no 3D
De olho no 3D

A morte se torna algo extremamente divertido, ao mesmo tempo em que objetos antes inofensivos se tornam dramaticamente perigosos. O problema é que se o forte do filme é a matança desenfreada do destino, as cenas que ligam as mortes dos personagens não funcionam. Está claro que o roteiro foi pensado em função dos diversos acidentes, que depois foram colados com um arremedo de trama que não apenas desperdiça seu potencial como entrega um clímax que busca dar um “vilão” para a história.

Mas quem gostou dos filmes anteriores vai se divertir com a aparentemente infinita criatividade dos roteiristas e produtores em arranjar formas de se matar uma pessoa. Apesar de ser a quinta parte de uma série, “Premonição 5” pode ser visto sem problemas por quem não acompanhou os anteriores. Apesar de trazer uma piada a mais em seu final para quem viu o primeiro filme. E abrir novas possibilidades para a série.

Tags: , , , ,

1 Comments For This Post

  1. anton Says:

    i want se full move,,

Leave a Reply

*

Pílula no Facebook

Enquanto isso, no Twitter

Arquivos

Categorias

-->

resume writing services