A A
RSS

The Walking Dead 02×01 – What Lies Ahead

por

20 de outubro de 2011

TV

[com os comentários de Mariana Marques + Rafael Rocha (MMRR)]

Em sua segunda temporada, a trupe liderada por Rick Grimes escapa da explosão do CCD e se vê obrigada a buscar um novo teto. Encontram a estrada bloqueada por carros abandonados, mas nem tudo é congestionamento e alguns veículos servem de fonte de gasolina, roupa, comida e água. Enquanto saqueam o que podem e quase nos esquecemos do que se trata o seriado, os zumbis aparecem para fazer um arrastão local. Como tudo está parado, a única opção que resta é ao grupo é se esconder debaixo dos carros.

Shhhh... quietinha ou vão sentir o seu cheiro.
Shhhh... quietinha ou vão sentir o seu cheiro.

MMRR: Fizeram um episódio inteiro pra estabelecer que os zumbis se orientam pelo olfato, e depois ignoram!

Ok, então o arrastão de zumbis de nariz entupido passa deixando a situação preta para Andrea, que fica presa no trailer, T-Dog, que rasga o braço em umas ferragens, e a pequena Sophia, que sai debaixo de um carro, mas chama a atenção de dois mortos-vivos retardatários. Tensão para toda a família. Andrea e T-Dog se viram com as ajudas respectivas de Dale e Daryl, mas Rick precisa ir atrás da menina para salvá-la. Grimes consegue alcançá-la antes dos “walkers”, mas se atrapalha no plano de despistá-los e acaba perdendo Sophia de vista. Enquanto um grupo maior volta para procurar a garota, outros ficam na estrada para recolher recursos e liberar espaço para uma meia-volta, e Shane e Lori discutem sobre como eles devem se comportar depois que ele quase a estuprou no CCD.

MMRR: Tem não sei quantos minutos de DR daqueles personagens malas… O Shane já devia ter morrido há seculos, né!

Tudo bem, mas tem mais tensão, sangue e vísceras quando Daryl e Rick encontram um zumbi hippie e decidem fazer uma autópsia (ou uma necrópsia?) para descobrir se ele tinha tido Sophia no café da manhã. Ok, concordo que foi uma cena desnecessária e eu tive que voltar com o prato de espaguete pra geladeira enquanto via o episódio.

Estômago
Estômago

MMRR: O que eles esperavam encontrar? Um pedaço da bochecha da menina? Iam falar “olha, esse pedaço de pele que o zumbi comeu só pode ser da garotinha”?

Na estrada já é entardecer e Andrea fica puta da vida, pois Shane e Dale não se sentem à vontade com uma suicida armada e se recusam a devolver-lhe o revólver. Carol culpa Rick pelo desaparecimento de sua filha e as buscas pela garotinha são retomadas na manhã seguinte. Após ouvirem sinos ao fundo, o grupo encontra uma igreja com três zumbis beatos (sim, eles estavam rezando) no seu interior. Algumas facadas depois e com a conclusão infrutífera da busca, Carol e Rick aproveitam a circunstância para pedir um sinal de Deus.

MMRR: os fãs ateus devem ter arrepiado de raiva com esse final de Jesus.

Do lado de fora, os pecados de Lori e Shane voltam à tona (sim, outra DR) reforçando a determinação do ex-melhor-amigo de Grimes em ir embora. Andrea ouve tudo e propõe acompanhá-lo, mas a ideia não é bem aceita. De qualquer maneira, os planos de abandonar o grupo precisam ser adiados, pois Rick, Shane e o pequeno Carl parecem determinados a encontrar Sophia. Em uma cena que parece o momento Disney da série, o trio topa com um veado/cervo/bambi, mas o animal e o garoto levam um pipoco de um atirador misterioso. Suspense e tensão para quem não conhece os quadrinhos e, para os outros, uma notícia boa, já que essa pode ser uma retomada ao roteiro original das revistas. Como fico nesse segundo grupo, essa última cena compensa as bolas foras do episódio de estreia.

MM: Desisti. De série ruim já basta eu ver True blood.

RR: É um True Blood pra meninos, por isso continuarei vendo mais um pouco ; ).

Tags: , ,

2 Comments For This Post

  1. Rafael Says:

    Péssima reportagem critica ou seja lá o que tenham tentado fazer.

  2. Juarez Says:

    O episódio de estreia foi mediano mesmo. Os problemas da temporada anterior permaneceram, sendo o principal deles a série ter drama demais, quase uma novela… claro que drama pode ser bom, mas numa série de zumbis os conflitos deveriam estar vinculados ao momento apocalíptico – porra, os mortos caminham! E, parafraseando o G. Romero, não há sentido em ficar discutindo quem traiu quem quando os mortos voltam a vida!!!
    A parte religiosa do Rick foi ridícula e o fato dos zumbis estarem na igreja – que poderia render uma discussão interessante ser ignorada mostra que a série caminha para rumos perigosos… e ainda por cima os zumbis deixaram de ser farejadores para se tornarem zumbis idiotas, que não acham um humano debaixo do seu nariz (ou carro). Enfim, a série já não consegue passar aquela sensação de desespero e perigo iminente dos primeiros episódios.

Leave a Reply

*

Pílula no Facebook

Enquanto isso, no Twitter

Arquivos

Categorias

-->

resume writing services