A A
RSS

The Walking Dead 02×03 – Save The Last One

por

2 de novembro de 2011

Receituário, TV

Diferente dos outros episódios, dessa vez eles conseguiram costurar os vários núcleos em torno de uma questão: “Por que sobreviver?” Separado em uma narrativa fragmentada, o The Walking Dead da semana mostra Shane raspando a cabeça em frente ao espelho à la Mickey, de Assassinos por Natureza. Depois dos créditos, voltamos à dupla tentando escapar dos “walkers” que, apesar do apelido, corriam a toda atrás do policial e o gordinho. Enquanto temos mais algumas cenas de enrolação do pessoal na estrada, na fazenda vemos Maggie recebendo Glenn e T-Dog, que oferecem ajuda ao garoto morimbundo.

Rick e Lori, com Carl correndo risco de vida começam a discutir se vale a pena estar vivo nesse mundo. Lori acredita que viver nessas circunstâncias seria pior do que morrer, já que seu filho cresceria para se tornar um animal que sobrevive. Grimes, como herói infalível, defende que todo fiapo de esperança seja agarrado, afinal foi por acreditar nisso que eles fugiram do CCD no último season finale, certo? Com as opiniões divididas, Carl acorda e conta para a mãe sobre o veado na floresta, sua última lembrança antes de levar o tiro.

Na estrada, Andrea e Dylan Daryl saem para procurar Sophia e começam a debater sobre as chances de encontrar a garota. No caminho, encontram um infectado que cometeu suicídio, se transformou enquanto estava enforcado e ficou dependurado, servindo de rango para os zumbis que por ali passavam. Andrea, que consegue se identificar com o drama do suicida, põe agora a questão (de se matar) em perspectiva. Embora as coisas não estejam claras para ela, ela pede que Dylan Daryl dê fim ao sofrimento da pinhata (semi)humana que sofre no galho da árvore.

Sobrevivendo pra ver se me dou bem.
Sobrevivendo pra ver se me dou bem.

Na fazenda, Glenn vê T-Dog ser socorrido e começa a rezar pelos amigos. Maggie conversa com ele e diz que o importante é fazer as coisas darem certo. Uma cena que serviu só para ilustrar o quanto ela está dando bola para ele. Aguardando o retorno de Shane e Otis, Rick volta ao assunto e contrapõe a opinião de Lori mostrando que no único momento acordado, Carl falou sobre o animal silvestre, algo vivo, que nada tem a ver com o cenário apocalíptico em que eles se encontram. A conversa parece surtir efeito, pois é Lori quem decide que Hershel deve proceder com a cirurgia para remover os estilhaços e tentar salvar o garoto, mesmo sem o respirador. Entretanto, no exato momento da incisão, Shane aparece sem o Otis, mas com o equipamento médico. Ele conta que o seu parceiro havia ficado para cobri-lo e insistido que ele continuasse. Quando olhou para trás, o policial viu que o gordinho já tinha virado banquete de zumbi.

De volta à estrada, Andrea e Dylan Daryl retornam sem a garota e Dale devolve a arma à ex-suicida e pede seu perdão, mas a resposta fica no ar. Enquanto isso, nos Hershel, Patricia recebe a notícia de que Otis morreu e Lori pede a Shane que fique, sem saber que a história entre ele e Otis não foi exatamente como a versão apresentada. Voltamos à cena inicial com o policial raspando a cabeça em frente ao espelho e, em flashback, vemos a traição de Shane, que finge estar sem balas, atira contra Otis e o deixa de isca para retardar os zumbis famintos, enquanto foge com os equipamentos para a fazenda. Um sacrifício sem muito motivo, já que eles não estavam tão perto assim dos mortos. A conclusão serviu apenas para ilustrar o personagem sombrio que Shane se tornou e a ameaça que ele representa ao grupo.

Shane on you!
Shane on you!

Tags: , , ,

2 Comments For This Post

  1. Tiul Says:

    Não seria Daryl? =P

  2. Guerrinha Says:

    Isso! Queria ver se alguém estava lendo! =D

Leave a Reply

*

Pílula no Facebook

Enquanto isso, no Twitter

Arquivos

Categorias

-->

resume writing services