A A
RSS

Grey’s Anatomy – 8×14 “All you need is love”

por

13 de fevereiro de 2012

Receituário, TV

É dia dos namorados (ou Valentine’s Day para os americanos) no Seattle Grace Hospital e os médicos vão ter que encontrar tempo entre uma cirurgia e outra para discutir suas relações a dois (uhn… ok, talvez eles façam isso todo episódio, mas…).

Callie e Arizona

Desde o incansável casa-separa da temporada passada, Callie e Arizona foram transformadas no elemento feel good da série. Um caso grave aqui, uma tensãozinha ali, mas as duas estão sempre sorrindo e mostrando que a vida de casada não poderia ser melhor. Nesta semana, Arizona chama Mark na chincha: ou arranja uma babá para a pequena Sofia ou a leva ao seu encontro com Julia. E pra piorar, ela passa o episódio todo apreensiva de ter que ir acampar em pleno dia dos namorados graças a uma ideia maluca da esposa. É ou não é muita emoção para dois personagens só? #NOT

Clementine e Nico

Alex está cuidado de uma paciente com reação alérgica ao amendoim que seu namoradinho de escola lhe deu. Não sou muito fã de histórias com juras de amor entre crianças, mas vai ver que meu coração é que é duro como pedra e muita gente vai achar fofinho o garotinho batendo o pé pra ficar ao lado da namorada, mesmo quando o médico decide mantê-la em observação. No final, sua mãe consegue levá-lo embora, mas não antes dele ditar para Karev uma cartinha revelando que não importa quem passou piolho pra quem, mas que os dois passaram por isso juntos (tá, essa mexeu até com meu coração de pedra).

Richard e Adele

Tudo preparado para o ex-chief ir para casa cedo e comemorar não só o dia dos namorados com a esposa, mas também o aniversário de seu casamento. Até que… hey, tarde da noite ele ainda está lá e descobrimos que ele foi para casa e Adele não o reconheceu. Pior, está se apaixonando por ele.

Miranda e Anestesista Bonitão Ben

Desta vez, Bailey promete não cometer os mesmos erros do casamento anterior e, assim como Richard, todas as suas cirurgias foram programadas paras às 19h ela estar livre, linda e à disposição do Dr. Warren. Só que ela não contava com a astúcia dos roteiristas: uma paciente dando entrada com múltiplas convulsões. Ela e Meredith acabam encontrando, não sem antes muito trabalho, um teratoma no ovário esquerdo que seria o responsável pelas crises. Muito depois das 23h, Miranda se encontra com Ben e vai logo jogando o discurso de que se ele for brigar com ela pela vida de cirurgiã, já vai começar errando. Mas o anestesista bonitão provou ser também romanticão e revelou o quanto conhece a namorada preparando um jantar ali mesmo no hospital.

Meredith e Derek

Desde que reconquistou a guarda de Zola, o grande problema do McCasal parece mesmo ser a freqüência de suas relações sexuais. Com um bebê em casa, fica mesmo difícil encontrar uma brecha pra manter a chama do amor acesa. Lexie, solteira e sem planos pra grande noite, prontifica-se a ficar de babá. E essa é a grande story-line do casal de protagonistas. Chega a dar saudade de Addison e a já clássica “e você deve ser a puta que está dormindo com o meu marido” ou mesmo das sessões de terapia de Meredith.

Lexie e Mark

Mesmo tendo se voluntariado pra ficar cuidando de Zola, Lexie acaba inspirada por um pedido de casamento não feito entre um paciente que faleceu e sua namorada de mais de oito anos. Decidida a não desperdiçar o seu 14 de fevereiro nem o resto da vida, ela aproveita que Julia trocou o jantar com Mark por uma cirurgia oftalmológica de última hora e aparece na porta de Sloan sugerindo um “playdate” entre Mark e ela Sofia e Zola. Ela só não contava com outro ex-namorado, Avery, preparando o jantar. Quem nunca passou por uma situação dessas, heim? Mas a pergunta que fica é: até quando Mark e Lexie vão continuar nessa de sertanejo romântico negando as aparências e disfarçando as evidências de que eles querem sim viver um para o outro?

Cristina e Owen… e Teddy

Ainda sem conseguir se resolver com as duas mulheres de sua vida, Owen toma a decisão de ir falar com Teddy. Mais uma vez ele pede desculpas e diz que entende o momento que Altman está passando. Mas eles sempre foram ombros amigos e agora mais do que nunca ele está precisado deste ombro. Teddy fica furiosa e diz que odeia Owen com todas as forças. Depois do que aconteceu, ela só quer falar com ele se o assunto for profissional. Com Cristina, acontece o contrário. Hunt é quem toma a decisão de romper o relacionamento e sair de casa. Orgulhosa, Yang acaba cedendo aos conselhos de Meredith e implora para Owen não abandoná-la.

Sou da teoria de que “Grey’s Anatomy” bom é aquele com alguns momentos divertidos pontuando o episódio, mas com muitas lágrimas ao final. Personagem feliz não gera bons arcos dramáticos. Infelizmente, é o que vem acontecendo com Meredith, Karev, Bailey e outros personagens da série. Ainda bem que temos Cristina, Owen e Teddy. São momentos como esses, em que, no elevador, Owen revela sua decisão ou mais tarde quando Teddy comenta sobre a briga dos dois sem saber pelo que Cristina está passando, que os atores nos brindam com uma grande interpretação e fazem valer a penas todo um episódio de trivialidades.

Tags: , ,

Leave a Reply

*

Pílula no Facebook

Enquanto isso, no Twitter

Arquivos

Categorias

-->

resume writing services