Jedisney (O episódio VII de Star Wars)

A essa altura todo mundo já sabe (as redes sociais estão ai para isso, né?), mas não podíamos deixar de comentar sobre a notícia que colocou o mundo do entretenimento de cabeça para baixo: a Disney comprou a Lucasfilm (por cerca de 4,05 bilhões de dólares). E como primeiro passo da aquisição, em 2015, já está previsto o filme “Star Wars Episódio VII”.

Nossa!

Um dia fomos dormir achando que a única coisa mais palpável de acontecer sobre o Star Wars era o seriado “Star Wars: Underworld” (sem previsão nenhuma de rolar) e novas temporadas de animação “Clone Wars” (zzzzzzZZZZZZ). Daí, George Lucas aparece e fala “Olha, acabei de vender a Lucasfilm pra Disney e (OW!) já temos um filme agendado para 2015.”

Sim, 2015! Ano de “Liga da Justiça”, “Vingadores 2”, “Avatar 2” e Star Wars VII nos cinemas!

Todo mundo aqui eufórico com a notícia e… Não é que teve gente que não gostou da ideia? Como assim!?

Ter a Lucasfilm como um braço da Disney é muito legal. Mas muito legal! Depois que a Marvel foi comprada pela Disney houve muita chiadeira, mas olha, temos um universo coeso nos cinemas com os filmes da Marvel Studio (isso nunca havia acontecido antes), animações que, podem não bater as de Bruce Timm na Warner, mas são divertidíssimas (vai me dizer que você não curte nem um pouquinho a animação d’Os Vingadores?), e projetos de seriados em live action.

Para aumentar a boataria, Dale Pollock, biógrafo de George Lucas, dsse ao The Wrap que a ideia inicial seria uma saga composta por 12 filmes. Ainda segundo ele, os novos episódios se concentrariam em Luke Skywalker com cerca de 40 anos de idade e se passaria uns 20 anos depois de “O Retorno de Jedi”. Mas isso tudo deve ser tratado como só especulação. A única certeza é de que veremos o famoso “Há muito tempo atrás, em uma galáxia muito distante…” mais uma vez nos cinemas.

E torçamos para que não façam algo no nível de “A Ameaça Fantasma”, ou coloquem o Mickey como um padawan de Luke, ou então a Leia como uma das Princesas da Disney…

E por favor, sem Jar Jar Binks.

Leave a comment

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.