A A
RSS

Wolverine – imortal e infinito: o terceiro filme vem ai!

por

9 de novembro de 2013

Cinema, Overdose, Plantão

Durante a semana vazou a informação de que a Fox teria entrado em contato com James Mangold, diretor de “Wolverine Imortal”, para escrever o roteiro de “Wolverine 3” e, provavelmente, também dirigir o novo filme solo do mutante.

A notícia desmente o fato de que Hugh Jackman se aposentaria do papel do carcaju depois de “X-Men: Dias de um Futuro Esquecido”, pois o ator também deve voltar, e não me surpreenderia que “Wolverine 3” (vou chamar o filme assim por pura conveniência) seja de fato o filme de despedida do ator nas adaptações dos X-Men (se for contar a participação em “X-Men: Primeira Classe”, Jackman viveu Wolverine em todos os 7 filmes da série).

Mas, qual história “Wolverine 3” poderá adaptar? Nós aqui do Pílula já temos um bom (e fortíssimo) palpite.

Para refrescar a memória: “X-Men Origens: Wolverine” (2009) adapta (muito mal adaptado, por sinal) as séries “Arma X” e “Origens”; “Wolverine: Imortal” (2013) adapta a série “Eu, Wolverine”; para “Wolverine 3” uma grande história que poderia servir de base é a saga “O Velho Logan”.

O arco de histórias “Old Man Logan” (com roteiros de Mark Millar e desenhos de Steve McNiven) saiu originalmente em 2008, entre as edições 66 e 72 da revista “Wolverine Vol. 3” e concluiu em um especial chamado “Giant Size: Wolverine – Old Man Logan”. Aqui no Brasil a fase saiu pela Panini em 2010, entre as edições 57 e 64 da revista “Wolverine”.

A história é um grande crossover de personagens do Universo Marvel e mostra Logan 50 anos no futuro, velho, completamente aposentado das garras, alquebrado, cansado, com o fator de cura completamente lento, casado e morando em um vilarejo com a esposa e os dois filhos. O país foi conquistado e fragmentado por facções de supervilões, entre eles Abominável, Magneto, Doutor Destino e Caveira Vermelha.

Morando em um vilarejo em “Hulkland”, Logan precisa pagar o aluguel e, sem condições para fazer isso, apanha violentamente de uma quadrilha de Hulks (fruto de várias relações incestuosas dos descendentes de Bruce Banner). O velho mutante é salvo pelo Gavião Arqueiro, igualmente velho e cego. Para pagar o aluguel e preservar a família, Logan aceita trabalhar com o ex-Vingador na entrega de um pacote misterioso. A partir daí Logan e Gavião vão passando por vários estados do país encontrando grupos rebeldes e enfrentando os “donos” das áreas fragmentadas pelo qual se tornou os Estados Unidos. Até a família de Logan morrer e ele ter motivo, depois de 50 anos, de usar suas garras novamente.

É claro que essa história, literalmente adaptada, seria inconcebível para ir ao cinema. A Fox só detém os direitos do Universo Mutante e do Quarteto Fantástico para a produção de filmes e uma história assim completamente doida só funciona nas HQs, e algo extremamente parecido ia ficar ridículo no cinema.

Sabendo que seria grotesco, então por que adaptar “O Velho Logan”? Simples, o arco de histórias poderia servir apenas como base, um pano de fundo para conseguir introduzir e construir uma problemática que seria óbvia para Wolverine: ele envelhece mais lentamente do que todos ao seu redor e logo seria o único vivo em um futuro completamente diferente e dizimado. Mesmo tendo casado e até ter tido filhos na HQ, Logan não pode se casar, pois qualquer vínculo afetivo com uma mulher ou herdeiros seria assinar um atestado de que ele está alimentando sentimentos que tem certeza que perderá. Ser o Wolverine é ter certeza que ficará sozinho no futuro. Todos morrerão, ele continuará.

Usar esse tipo de história caberia na cronologia do Universo Cinematográfico dos Mutantes, pois, mesmo com a mudança cronológica prevista para os acontecimentos posteriores à “X-Men: Dias de um Futuro Esquecido”, “Wolverine 3” estaria em um futuro muito distante, não necessariamente apenas 50 anos, mas talvez 100 ou 200 anos, em um contexto que a única coisa que um Logan velho e aposentado quer é procurar um lugar em paz para poder morrer decentemente, não se apegando a nenhum acontecimento dos filmes anteriores. Ou ainda, ele poderia já ter encontrado esse local, casando e tendo filho, mas com sua família sendo assassinada brutalmente na sua frente, motivando o mutante a novamente entrar em ação. Vingança parece muito clichê, e já foi usada como motivação em “X-Men Origens”, mas em uma história bem contada daria esse clima de “episódio final” para o herói.

Sem dizer que seria um desfecho ideal para uma “trilogia” (em aspas, pois os filmes não são conectados entre si), com “X-Men Origens: Wolverine” explicando o começo do herói, sua participação com a Arma X e sua perda de memória; e “Wolverine: Imortal” abordando a maturidade do personagem em sua aceitação como um ser praticamente imortal; “Wolverine 3” exploraria esse envelhecimento tardio, essa “quase imortalidade” e deixaria Logan sozinho. O passado, presente e futuro do personagem em três filmes. Criando finalmente um merecido fim para o mutante e, ao mesmo tempo, uma grande homenagem e despedida de Jackman no papel. E claro, como o filme se passaria no futuro, abriria a possibilidade do Wolverine aparecer, sendo vivido por outro ator, nas sequências de “Dias de um Futuro Esquecido”.

Ainda palpitando, seria um bom momento também para a Fox finalmente colocar o vilão Ômega Red, criando uma versão distante daquela dos quadrinhos de 1992, em que o mutante era um assassino da União Soviética durante a Guerra Fria, mas que casaria bem com o conceito de “fim” para o filme, já que, com o seu poder “fator da morte”, ele poderá ser uma ameaça real ao Velho Logan. E também (por que não?) o retorno de Dentes-de-Sabre, para que o arquiinimigo do Wolverine tenha uma última (e quem sabe decente) luta contra o rival.

Tudo ainda não passa de rumores e palpites, e “Wolverine 3” não foi confirmado pela Fox. Além do terceiro filme de Logan, a Fox ainda pode confirmar “Deadpool” (que está na boca do gol faz tempo) e apresentar a data para o filme “X-Force”. Bryan Singer (diretor de “X-Men”, “X-Men 2” e “X-Men: Dias de um Futuro Esquecido”) já avisou que tem ideias para uma sequência do sétimo filme mutante e que poderá ter a participação de outros heróis Marvel (provavelmente o Quarteto Fantástico). Então, depois de “Dias de um Futuro Esquecido”, poderão ser anunciados mais quatro filmes para o Universo Cinematográfico dos Mutantes que está crescendo absurdamente como uma das principais franquias do estúdio Fox.

Mas por enquanto, a única certeza é que no próximo ano os mutantes retornam às telas com  o aguardadíssimo “X-Men: Dias de um Futuro Esquecido”, que estreia dia 23 de maio de 2014.

Tags: , , , , ,

Leave a Reply

*

Pílula no Facebook

Enquanto isso, no Twitter

Arquivos

Pílula no Youtube

Categorias

-->
  • A gente
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
  • resume writing services