A A
RSS

Relatos Selvagens

por

24 de outubro de 2014

Cinema, Receituário

Relatos Salvajes

Argentina/Espanha, 2014

  • Dir: Damián Szifrón
  • Elenco: Darío Grandinetti, Ricardo Darín, Oscar Martínez, Leonardo Sbaraglia, Erica Rivas, Rita Cortese, Julieta Zylberberg, Diego Gentile, Osmar Núñez, María Onetto

Avaliação: ★★★★★ 

O pré-candidato argentino ao Oscar produzido por Pedro Almodóvar é uma antologia sobre sentimentos extremados que levam à violência. Em seis histórias curtas, o diretor Damián Szifron apresenta situações de perda de controle que são deliciosas na forma de diálogos rápidos e situações absurdas que buscam exagerar o cotidiano até o limite de um surrealismo hilário.

O grande mérito de “Relatos Selvagens” é se equilibrar na linha entre o realista e o caricaturesco, pendendo mais para o segundo ao mesmo tempo em que mantém o primeiro nas rédeas firmes da identificação com o espectador. Assim, ao mesmo tempo em que nos surpreendemos e rimos daqueles personagens, sofremos e torcemos por eles em suas insanidades.

Um voo cheio de “coincidências”, uma lanchonete, dois carros na estrada, um pai de família classe média sofre, a tentativa de acobertar um crime, um casamento. As diferentes histórias se sucedem de maneira fluída, deixando um gosto de quero mais pela forma inventiva em que nos surpreendem. E quando a violência explode, ela é a consequência natural de uma narrativa que já vinha em um tom mais alto, provocando risos e uma curiosidade mórbida pelos destinos daquelas pessoas.

O que Szifron faz é elevar ao máximo nosso voyeurismo das desgraças alheias, oferecendo um prato cheio de absurdos e vergonhas alheias para ser devorado junto a ótimas atuações (com destaque para a noiva Erica Rivas e, claro, pro onipresente Ricardo Darín) e piadas visuais inspiradas. “Relatos Selvagens” diverte sem medo do absurdo e de quebra traz uma crítica mordaz à sociedade do mimimi exacerbado. Basicamente, é como se as discussões acaloradas dos comentários na internet ganhassem seu contorno físico real, jogando na nossa cara o absurdo de determinadas posições exaltadas. É a selvageria que mora em todos nós desatada de qualquer freio moral. E colocada de uma forma irresistível de se ver.

Tags: , , , ,

Leave a Reply

*

Pílula no Facebook

Enquanto isso, no Twitter

Arquivos

Categorias

-->

resume writing services