Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Jack Black

receite essa matéria para um amigo


Antes de conhecer Black
Sabbath eu era assim...
Assistindo ao comercial de uma pastilha refrescante, você poderá até se assustar confundindo o carinha da propaganda com o ator Jack Black. Sim, por um milésimo de segundo passa pela sua cabeça: “será que é ele mesmo?”. Porque o cara está em todas e não seria estranho vê-lo no comercial da tal bala.

Mas enfim, o objetivo aqui é justamente falar sobre Jack Black. Ator disputado, ainda manda ver com a banda Tenacious D. Porém, pra chegar ao status de artista de sucesso, o cara passou por poucas e boas.

Black nasceu na Califórnia, em 28 de Agosto de 1969, e nunca foi um aluno exemplar, exatamente por problemas na família (seus pais separam-se quando ele tinha 10 anos). A única coisa que realmente gostava de se dedicar na escola era ao teatro. Após o divórcio, sua mãe mudou para uma casa perto dos estúdios da MGM – prato cheio para o pequeno Jack. Aos quinze anos foi preso por roubar dinheiro para conseguir cocaína, e foi mandado para uma escola de garotos problemáticos durante um ano e meio, além de fazer visitas a um terapeuta.

Se por um lado a vida pessoal de Jack ia meio ruim, o lado artístico se aprimorava cada vez mais com o bom gosto musical, especialmente quando foi trabalhar numa loja de discos e decidiu montar uma banda. A música não ajudou muito (pelo menos não nessa época) e Black resolveu entrar para a UCLA, a faculdade de cinema e artes cênicas mais famosa do mundo, e se deu bem. Durante a graduação, se aprimorou no curso de atores de Tim Robbins, e antes mesmo de se formar, deixou a universidade para unir-se ao Actor’s Gang de Robbins, com um papel na peça Carnage, no Festival de Edimburgo.

Jack conseguiu vários papéis para seriados e novelas da TV americana, entre eles o famosíssimo Arquivo X. O sucesso posterior no cinema foi apenas uma conseqüência do seu bom trabalho. Após estes papéis pequenos, o foco no seu bom trabalho aconteceu no filme “Alta Fidelidade”, baseado no livro do escritor pop Nick Hornby. Ele fazia o papel de um vendedor sem-noção de uma loja de discos.

Nunca deixando a música de lado, em 1994, Black fez sua estréia nos palcos com Kyle Gass no duo Tenacious D, baseado numa série de TV criada pela própria dupla, cujos personagens cantavam músicas engraçadas e satíricas sobre diversos temas. Entre os sucessos da dupla, está “F-ck Her Gently”, cujo clipe é um show à parte e vale muito a pena ser visto.

Fez ponta em vários filmes de sucesso, como “Os Últimos Passos de um Homem”, com Susan Sarandon e Sean Penn, e “O Chacal”, com Bruce Willis e Richard Gere, provando que antes mesmo de ser um ator de comédia, era um ator também de drama e thrillers. Foi protagonista da comédia “O Amor é Cego”, dos Irmãos Farrelly de “Quem Vai Ficar com Mary?” e “Escola de Rock”, no papel de um falso professor de música que monta uma banda de rock com crianças (neste filme, ele pôde, mais uma vez, mostrar seus dotes musicais). Ainda emprestou um tostão de sua voz a personagens dos filmes “A Era do Gelo” e “O Espanta-tubarões”. Atualmente, Black está na superprodução King Kong, de Peter Jackson, e vem aí com a versão cinematográfica da série Tenacious D. É aguardar e conferir o que mais falta para Jack Black aprontar.

...Depois eu fiquei assim!
Filmografia
  • As viagens de Gulliver (2010), em pré-produção
  • The year one (2009), em pós-produção
  • Trovão tropical (2008)
  • Kung Fu Panda (2008), voz
  • Por favor, rebobine (2008)
  • Margot e o casamento (2007)
  • O amor não tira férias (2006)
  • Tenacious D in 'The Pick of Destiny' (2006)
  • Nacho Libre (2006)
  • Danny Roane: First Time Director (2006)
  • King Kong (2005)
  • O Espanta-tubarões (2004)
  • O Âncora (2004)
  • A Inveja Mata (2004)
  • Escola de Rock (2003)
  • Melvin Goes to Dinner (2003)
  • A Era do Gelo (2002)
  • Correndo Atrás do Diploma (2002)
  • Run Ronnie Run! (2002)
  • O Amor é Cego (2001)
  • Frank’s Book (2001)
  • Mulher Infernal (2001)
  • Alta Fidelidade (2000)
  • Jesus’ Son (1999)
  • A Carta Anônima (1999)
  • O Poder Vai Dançar (1999)
  • Inimigo do Estado (1998)
  • Eu Ainda Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado (1998)
  • O Chantagista (1998)
  • O Chacal (1997)
  • Bongwater (1997)
  • Marte Ataca! (1996)
  • Estranha Obsessão (1996)
  • O Pentelho (1996)
  • Malucos Por Natureza (1996)
  • A Passagem (1996)
  • Os Últimos Passos de um Homem (1995)
  • Waterworld – O Segredo das Águas (1995)
  • Bye Bye, Love – Os Descasados (1995)
  • A História Sem Fim III (1194)

» leia/escreva comentários (6)