Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Naomi Watts

por Daniel Oliveira

receite essa matéria para um amigo


Com medinho em “O chamado 2”
Amiga íntima de Nicole Kidman, Naomi Watts nasceu em Shoreham, na Inglaterra, em 28 de setembro de 1968. Aos 14 anos foi morar na Austrália, onde começou a fazer comerciais e entrar no showbizz. Vegetariana, foi eleita uma das 50 pessoas mais bonitas do mundo pela People, em 2002. Seu pai foi engenheiro de som do Pink Floyd até 1974 e morreu quando ela tinha 10 anos.

Foi na Austrália que ela conheceu figuras como Tom Cruise e a amiga Kidman, que mais tarde seriam uma porta para sua entrada em Hollywood. O começo de Watts no cinema não foi fácil. Ela realizou uma série de filmes B esquecíveis, dos quais poucos se acham hoje, mesmo nas locadoras. Até a voz dos ratinhos, na ignorada continuação “Babe – O porquinho atrapalhado na cidade”, a moça fez. Trabalhou bastante também na televisão.

Até que num belo dia, depois de 15 anos de batalha em Hollywood, Watts recebeu um convite de ninguém menos que David Lynch – um dos diretores mais controversos em Hollywood, por seu estilo pouco convencional - para seu próximo projeto.

Talvez o convite tenha se dado porque o filme “Cidade dos Sonhos” foi pensado inicialmente como uma minissérie para televisão, meio que Watts já conhecia bem. Contudo, o canal que iria produzir a história desistiu quando percebeu as reais intenções do diretor – uma crítica ácida ao mundinho hollywoodiano – e o projeto acabou virando um longa-metragem, bancado pela produtora de Lynch.

Naomi ganhou o papel (duplo) de Betty Elms/Diane Selwyn, que havia sido cobiçado por várias outras atrizes, e recebeu vários prêmios da crítica. Esse reconhecimento lhe valeu um papel na bem sucedida refilmagem do blockbuster de terror japonês “O Chamado”, pelo qual a beleza e o talento da atriz ficaram mundialmente conhecidos, tendo sido comparada às loiras de Hitchcock, como Grace Kelly e Kim Novak.

Sua melhor performance até hoje, no entanto, foi a complexa Christine, do pesado drama 21 gramas, dirigido pelo mexicano Alejandro González Iñárritu. Contracenando com Sean Penn e Benicio Del Toro, a atuação lhe valeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz em 2004. Em 2005, ela foi a diva da aguardada refilmagem do clássico “King Kong” pelo oscarizado diretor Peter Jackson. Suas próximas empreitadas serão sob o comando de David Cronenberg, em “Eastern promises”, e Michael Haneke, em “Funny games”.

E como a bela Ann Darrow, de “King Kong”
Filmografia
  • O rei Lear (2010), em pré-produção
  • Trama internacional (2009)
  • Violência gratuita (2007)
  • Senhores do crime (2007)
  • O despertar de uma paixão (2006)
  • King Kong (2005)
  • A passagem (2005)
  • O Chamado 2 (2005)
  • Tentação (2004)
  • O assassinato de Richard Nixon (2004)
  • Huckabees – A vida é uma comédia (2004)
  • À Francesa (2003)
  • 21 Gramas (2003)
  • Ned Kelly (2003)
  • Rabbits (2002)
  • The Outsider (2002), TV
  • Túmulo à vista (2002)
  • O Chamado (2002)
  • Cidade dos Sonhos (2001)
  • Down (2001)
  • Ellie Parker (2001)
  • Vítima de uma paixão (2000), TV
  • Strange Planet (1999)
  • Caça ao Unicórnio (1999), TV
  • Em luta pelo amor (1998)
  • The Christmas Wish (1998), TV
  • Babe: Um porquinho atrapalhado na cidade (1998) (voz)
  • Sleepwalkers (1997), série de TV
  • Under the Lighthouse Dancing (1997)
  • Colheita maldita 4 (1996)
  • Correndo alto risco (1996)
  • Timepiece (1996), TV
  • Triângulo das bermudas (1996), TV
  • Tank Girl – Detonando o futuro (1995)
  • Sob Custódia (1993)
  • Relação Perigosa (1993)
  • Wide Sargasso Sea (1993)
  • Matinee – Uma sessão muito louca (1993)
  • Home and Away (1988), série de TV
  • Brides of Christ (1991), minissérie de TV
  • Flertando – Aprendendo a viver (1991)
  • For Love Alone (1986)

» leia/escreva comentários (0)