Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Gang of Four

por Isabel Furtado

receite essa matéria para um amigo


Gang 80
O Gang of Four chega ao Brasil para shows em setembro. Mesmo tendo relevância na história do rock, eles são quase desconhecidos para o pessoal sub-25. Comecemos pelo nome Gang of Four que sempre achei meio babaca para uma turminha de quase garotos ingleses descolados. Na verdade, ele se refere a um outro bando, a “Camarilha dos quatro”, formada por jovens chineses revolucionários da época da Revolução Cultural.

Depois de presenciar uma passeata neo-nazista em Leeds que acabou em quebra-pau, os integrantes da banda assumiram a sua posição política que é declaradamente contra qualquer tipo de repressão, violência e perseguição. As letras são na maioria sobre esses temas e mesmo nas raras vezes em que falam de amor, como em “Anthrax”, o fazem com certo tom de descrença.

A formação original contava com o vocalista Jon King, o guitarrista Andy Gill, o baixista Dave Allen e o baterista Hugo Burnham. Funcionaram desta forma de 77 a 84, tiveram uma breve volta em 90, com apenas King e Gill, e em 2004 reuniram-se novamente com a formação original.

Apesar de ser uma banda inglesa e da rixa que existia entre o punk inglês e americano, o Go4 teve como modelo o Television e os Ramones. Foram inclusive mais bem aceitos nos EUA do que no Reino Unido.

A influência musical do Go4 sobre bandas subseqüente é quase infinita. A guitarra seca, incisiva e dissonante de Andy Gill pode ser encontrada com pouca alteração em bandas tanto brasileiras (Plebe Rude, Legião Urbana e Titãs), quanto estrangeiras como Mission of Burma. Essa inclusive esteve na edição sítio do Campari Festival, o mesmo responsável pela vinda da gangue ao Brasil.

The Edge do U2 confirmou publicamente sua adoração ao estilo de Gill. E, se a comparação de Franz Ferdinand com U2 é óbvia, a explicação mais coerente é a influência forte e comum vinda de Gang of Four. Outra característica da banda que não pode ser esquecida é a sonoridade reggae que segundo o próprio Gill permeia todos os instrumentos.

O Gang of Four gravou em 2005 um álbum chamado Return the Gift, que é composto de dois volumes. O primeiro tem regravações dos originais dos discos Entertainment!, Solid Gold, e Songs of the Free. O segundo, composto de remixes, devia ser jogado no lixo.

Espero que nos shows do Brasil o grupo não resolva executar seus remixes. Isso poderia resultar em uma repressão violenta por parte dos fãs mais fervorosos.

Gang 00: tomara que estejam destruindo os próprios discos em versão (eca!) remix
Discografia
  • Return The Gift - 2005
  • 100 Flowers Bloom - 1998
  • Shrinkwrapped - 1995
  • Mall - 1991
  • A Brief History of the Twentieth Century - 1990
  • The Peel Sessions - 1990
  • At the Palace - 1984
  • Hard - 1983
  • Songs of the Free - 1982
  • Another Day/Another Dollar EP - 1982
  • Solid Gold - 1981
  • Entertainment! - 1979

» leia/escreva comentários (2)