Busca

»»

Cadastro



»» enviar

John Cusack

por Natália Becattini

receite essa matéria para um amigo


“Queria ser James Bond...
Conhecido por manter distância dos holofotes e do “Fantástico Mundo das Celebridades”, John Cusack escolhe a dedo as produções em que vai se envolver e prefere trabalhar em bons projetos a ganhar rios de dinheiro. É freqüentemente encontrado no papel de anti-herói e se identifica mais com personagens infelizes e que tentam encontrar seu lugar no mundo. A tentativa de fugir dos blockbusters hollywoodianos (com exceção do exagerado “Con Air”) o torna um nome quase desconhecido para o público não-cinéfilo, mesmo com a vasta filmografia e enorme talento.

Nascido em 28 de junho de 1966 no estado de Illinois, Cusack é o quarto de cinco filhos do casamento entre uma professora de matemática e um documentarista. Estudante de atuação desde a infância, teve sua estréia no teatro aos oito anos, e no cinema aos 16, na comédia adolescente “Uma questão de classe”. Durante toda a década de 80, permaneceu atuando em filmes do gênero, como “Gatinhas e Gatões” e o clássico “Conta comigo”.

Depois de abandonar a faculdade (onde ficou apenas um semestre), John voltou a Chicago e fundou a companhia de teatro New Crime Theatre Company, que mais tarde também se transformou em uma produtora de filmes. Foi através dela que o ator viveu suas experiências iniciais como diretor, chegando a dirigir quatro peças.

A fase adulta de seu trabalho teve inicio em 1990, com a primeira interpretação dramática em “Os Imorais”. Depois disso, construiu uma filmografia respeitável, atuando em produções como “Neblina e Sombras”, de Woody Allen, e “Quero ser John Malkovich”, de Spike Jonze – além de uma participação como ele mesmo em “O jogador”, de Robert Altman. Recusou ofertas de trabalho em “Apolo 13” e em “Proposta Indecente”. Afinal, por que ele “iria querer assistir a Demi Moore transando com Donald Trump e fazendo caretas estúpidas?".

A adaptação cinematográfica do romance “Alta Fidelidade”, de Nick Hornby, foi praticamente um projeto pessoal do ator. No longa, Cusack vive o dono de uma loja de música que acabou de terminar um relacionamento e aproveita o momento para relembrar suas desavenças amorosas. A atuação lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro na categoria de Melhor Ator em Musical ou Comédia.

Sempre que pode, John coloca um parente ou conhecido em suas produções. Um exemplo é seu amigo Jeremy Piven, com quem trabalhou em nove filmes desde 1986, em “Um Verão Muito Louco”. Sua irmã, Joan Cusack, também foi uma parceira importante frente às câmeras. O último trabalho dos dois foi War, Inc., com estréia prevista para 2008.

...mas não consegui."
Filmografia
  • Stopping Power (2009), em produção
  • 2012 (2009)
  • Shanghai (2008), em produção
  • The Factory (2009), em pós-produção
  • Igor (2008), em pós-produção (voz)
  • Summerhood (2008), em pós-produção
  • War, Inc.(2007)
  • 1408 (2007)
  • Grace is gone (2007)
  • The Martian child (2007)
  • O contrato (2006)
  • Procura-se um amor que goste de cachorros (2005)
  • A sangue frio (2005)
  • O júri (2003)
  • Identidade (2003)
  • Max (2003)
  • Adaptação (2002)
  • Escrito nas estrelas (2001)
  • Os queridinhos da América (2001)
  • Alta Fidelidade (2000)
  • Quero ser John Malkovich (1999)
  • O poder vai dançar (1999)
  • Alto controle (1999)
  • Justiça de um bravo (1999) (TV)
  • Além da linha vermelha (1998)
  • This is my father (1998)
  • Chicago Cab (1998)
  • Anastasia (1997), voz
  • Meia-noite no jardim do bem e do mal (1997)
  • Con Air - A rota da fuga (1997)
  • Matador em conflito (1997)
  • City Hall - Conspiração no Alto Escalão (1996)
  • Tiros na Broadway (1994)
  • Floundering (1994)
  • O fantástico mundo do Dr. Kellogg (1994)
  • Dinheiro, pra que dinheiro? (1993)
  • Os profetas do asfalto (1992)
  • O jogador (1992)
  • Neblina e sombras (1992)
  • Bob Roberts (1992)
  • O mapa do coração (1992)
  • A um passo do poder (1991)
  • Os imorais (1990)
  • Elvis stories (1989)
  • O início do fim (1989)
  • Digam o que quiserem (1989)
  • Fora da jogada (1988)
  • Tapeheads - Uma dupla muito louca (1988)
  • Nos bastidores da notícia (1987)
  • Férias quentíssimas (1987)
  • Verão muito louco (1986)
  • Conta comigo (1986)
  • Minha vida é um desastre (1985)
  • Viagem clandestina (1985)
  • A coisa certa (1985)
  • Gatinhas e gatões (1984)
  • A volta por cima (1984)
  • Uma questão de classe (1983)

» leia/escreva comentários (6)