Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Estrada tão bonita...

Fonte da vida (The fountain, 2006)

» receite essa matéria para um amigo


We're living life inside a bubble...

O filme: Projeto pessoal do diretor e roteirista Darren Aronofsky, hypado depois dos cults “Pi” e “Réquiem para um sonho”, que superou a saída de Brad Pitt e realizou seu filme – que é, literalmente, uma viagem.

A história: Drama romântico sobre um homem em busca da vida eterna para sua amada. Sim, ele vai para o espaço atrás disso. Eu avisei que o filme era uma viagem.

A nave: É...bem, uma bolha dourada com uma árvore milenar dentro. E o Hugh Jackman pós-budista careca. Flutuando no espaço no século XXVI em meio ao que parece ser uma chuva de estrelas, que pode ser a fonte da vida que o protagonista procura.

Os tripulantes: O astronauta mezzo renascentista mezzo medieval Tom, tentando compreender como cumprir sua promessa e dar vida eterna ao amor que sente; a tal árvore que pode ou não ser a fonte da vida; e o fantasma da mulher amada por Tom (Rachel Weisz).

A viagem: As pessoas tendem a buscar no universo algo que está dentro delas mesmas. E elas tendem a buscar algo que inclusive não precisa ser encontrado. As pessoas complicam muito as coisas. Aronofsky não complica. Ele faz uma história de amor simples – com o único porém de que dura dez séculos – e teve gente que disse que não entendeu.

« voltar para o início

» leia/escreva comentários (0)