Busca

»»

Cadastro



»» enviar

A volta dos bons meninos

07.01.07

por Pablo Moreno

Incubus, Light Grenades

(SonyBMG, 2006)

Top 3: “Quicksand”, “Anna Molly” e “Light Grenades”.

Princípio Ativo:
Competência

receite essa matéria para um amigo

Em seu sexto lançamento, Brandon Boyd e cia nos apresentam canções assobiáveis e de melodias bem trabalhadas, já vistas nos discos Make yourself (1999) e Morning view (2001). Esse bom mocismo foi colocado um pouco de lado em A crow left to the murder (2004), mais recente álbum até então, mas agora volta com força em canções que falam de amor e outros sentimentos. O clima natalino deve mexer mesmo com as pessoas.

Por falar em Natal, um dos presentes que eu gostaria de ganhar em 2007 é uma nova voz, de preferência igual à do Brandon Boyd. O Incubus é uma banda de caras competentes que sabem demonstrar isso sem abusar do virtuosismo. Em “Anna Molly”, a voz do frontman é uma grande prova do potencial e da sintonia dos integrantes em conceber um bom rock no qual tudo aparece na medida certa.

Algumas experimentações em certos momentos me lembraram Radiohead – a faixa de abertura, “Quicksand”, me remeteu bastante à sonoridade do Kid A, por exemplo. A faixa-título é um rockão bacana pra agitar os camisas pretas. A música aparece como uma oportunidade para disparar alguns xingos contra o amável presidente dos Estados Unidos. Afinal, toda banda norte-americana que se preze soltou algumas farpas contra o desprezível nº 1 da Terra. A propósito, acho bom que o Papai Noel fique de olhos abertos. Com essa onda de enforcar gente barbuda por aí, é preciso muito cuidado com esse sujeito...

Uma coisa que eu adoro no Natal são músicas com partes um e dois. Fazem-me lembrar das belas canções natalinas. E não é que neste novo CD do Incubus tem isso? A canção “Earth to Bella” é dividida em dois momentos. A parte um, na faixa sete, é perfeita para se ouvir durante a ceia natalina, quando a gente come, come e come pra esperar a meia-noite, a hora de abrir os presentes. Já o segundo, que vem na faixa 13, no encerramento do álbum, soma um pouquinho de peso à canção e pode ser ouvida no final da noite, quando aquela tia gorda e bêbada dança sozinha no meio da sala.

Lançado no final de 2006, eu aposto que muita gente mandou cartinhas pedindo Light Grenades de presente. Tanto que, pela primeira vez, o Incubus figurou no top 20 da Billboard. Sem muitas viagens experimentais e pirações, a banda lançou um CD eficiente, sem inventar novas modas e sem se tornar chato ou repetitivo.

Quer entrar na Billboard? Melhor esperar sentado.

» leia/escreva comentários (13)