Um Parto de Viagem

Nossa avaliação
Due Date (2010)
Due Date poster Direção: Todd Phillips
Elenco: Robert Downey Jr., Zach Galifianakis, Michelle Monaghan, Jamie Foxx


Depois de fazer “Se Beber Não Case” era muito difícil para Todd Phillips se superar. Assim, não é nenhuma surpresa que “Um Parto de Viagem” acabe decepcionando. A história de dois desconhecidos de personalidades opostas que precisam se unir para chegar ao destino comum está longe de ser surpreendente, como prova “Antes Só do que Mal Acompanhado”, filme dirigido por John Hughes em 1987. Se naquela produção Steven Martin precisava aturar o folgado John Candy, agora basta substituir o primeiro por Robert Downey Jr. e o segundo por Zach Galifianakis.

Se a situação não é original, Phillips pelo menos tenta empregar seu estilo de diálogos espertos, sexo, drogas, rock n’ roll e o melhor do politicamente incorreto. Na odisséia dos dois homens proibidos de viajar de avião que precisam ir de carro de Atlanta até Los Angeles, há uma série de situações absurdas estrategicamente colocadas para o diretor abusar do seu humor negro.

Mas ao contrário de “Se Beber Não Case” e mesmo “Dias Incríveis”, Phillips parece fazer concessões (talvez na tentativa de ter em mãos uma produção mais pop e abrangente). Apesar de cenas envolvendo maconha, masturbação e uma luta com um cadeirante, “Um Parto de Viagem” é bem mais contido do que seus filmes anteriores. Falta engenhosidade ao roteiro, que acaba contando uma história tediosa, principalmente quando envolve Downey Jr. e o filho que sua esposa está esperando.

O ator, por sinal, continua fazendo aquele mesmo papel de sempre do irônico anti-herói com coração de manteiga. Galifianakis repete as mesmas caras e bocas de “Se Beber Não Case”, mas é responsável pelos momentos mais engraçados da história e, com seu cachorro a tira colo, rouba fácil o filme.

Além da dupla principal, há uma coleção de participações especiais irregulares, várias referências cinematográficas e trilha sonora bacana. Diverte e provoca algumas risadas espontâneas, mas passa mais devagar do que deveria. Pelos talentos envolvidos, esperava-se muito mais do que um road movie misturado com bromance.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009