Gente que

Nossa avaliação

O trailer completo de “La piel que habito”, o novo de Pedro Almodóvar, segue a tendência do “gente que”. Entre letreiros de “gente que nasceu com má sorte”, “gente que nasceu para lutar”, “gente que faz a humanidade avançar” etc, a prévia apresenta imagens do cientista (maluco) vivido por Antonio Banderas cultivando células epiteliais, dando um banho de mangueira num malaco e correndo atrás de uma dama desmaiada no meio de uma floresta super “True blood”. O vídeo dá a impressão de que o filme seja a mistura de Quentin Tarantino (a trilha) com Glória Perez (a ciência bizarra) – e isso seria uma boa definição do cinema do diretor espanhol. Não há nada muito empolgante aqui, mas impossível negar que, como qualquer obra do cineasta, desperta a curiosidade de um bom cinéfilo. Especialmente no plano final, com a sobreposição do título “La piel que habito”, uma imagem legitimamente almodovariana.

“La piel que habito” tem previsão de estreia para setembro, ainda sem data, no Brasil (deve passar pelos festivais do RJ e SP e estrear logo em seguida).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2022
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011