Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Roberto Carlos

por Rodrigo Ortega

receite essa matéria para um amigo


O Rei nos aúreos anos 60
As cinco caixas com toda a discografia de Roberto Carlos, lançadas pela Sony, mostram que ele é muito mais do que ternos brancos e hinos a Nossa Senhora. Há alguns meses saíram as caixas dos anos 60 e 70. A dos 80 saiu há poucas semanas. Faltam as de 90/2000 (setembro) e discos internacionais (dezembro). Também no fim deste ano será publicada uma biografia resultante da extensa pesquisa do historiador e jornalista Paulo César de Araújo. O livro chega um ano depois de "Como Dois e Dois São Cinco" (ed. Boitempo), do jornalista da Folha de S.Paulo Pedro Alexandre Sanches.

Roberto conquistou o Brasil com parcerias com “o seu amigo” Erasmo Carlos. No fim dos anos 50 formaram com Tim Maia o grupo The Sputiniks. Alguns anos depois a dupla compôs sucessos como "Splish Splash", "O Calhambeque", "É Proibido Fumar". Em 1965 estrearam com Wanderléa o célebre programa Jovem Guarda, na TV Record. Roberto levou menininhas à loucura nos cinemas com “Roberto Carlos em Ritmo de Aventura" (67), "Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-rosa" (68) e "Roberto Carlos a 300km por Hora" (71). No fim dos anos 60 flertou com a soul music (”Não Vou Ficar", "Todos Estão Surdos", "As Curvas da Estrada de Santos") e nos 70 se tornou basicamente um cantor romântico (“Detalhes”, “Cavalgada”). Foram os últimos suspiros da fase mais criativa do Rei.

A partir dos anos 80, a vida pessoal e as superstições do capixaba de Cachoeiro do Itapemirim, nascido em 1941, passaram a chamar mais atenção do que suas músicas, em grande parte religiosas (“Jesus Cristo”, “Nossa Senhora”) ou destinadas a públicos específicos (“Caminhoneiro”, “Mulher de 40”). A morte de sua esposa, Maria Rita, em 1999, causou a única interrupção na incrível seqüência de um disco por ano desde 1963, nos últimos anos sempre no Natal. Em 2001 a MTV gravou um acústico com o cantor, tentando retomar suas antigas canções e o sucesso entre os jovens, mas não pode nem exibir o programa. A Globo tem contrato de exclusividade com o Rei, parece não estar interessada em vê-lo mandar tudo para o inferno de novo.

O Rei hoje, com seu tradicional terno branco
Discografia
  • Louco por Você - 1961
  • Splish Splash - 1963
  • É Proibido Fumar - 1964
  • Roberto Carlos Canta para a Juventude - 1965
  • Jovem Guarda - 1965
  • Roberto Carlos - 1966
  • Roberto Carlos em Ritmo de Aventura - 1967
  • O Inimitável - 1968
  • Roberto Carlos - 1969
  • Roberto Carlos - 1970
  • Roberto Carlos - 1971
  • Roberto Carlos - 1972
  • Roberto Carlos - 1973
  • Roberto Carlos - 1974
  • Roberto Carlos - 1975
  • San Remo 1968 - 1976
  • Roberto Carlos - 1976
  • Roberto Carlos - 1977
  • Roberto Carlos - 1978
  • Roberto Carlos - 1979
  • Roberto Carlos - 1980
  • Roberto Carlos - 1981
  • Roberto Carlos - 1981
  • Roberto Carlos - 1982
  • Roberto Carlos - 1983
  • Roberto Carlos - 1984
  • Roberto Carlos - 1985
  • Roberto Carlos - 1986
  • Roberto Carlos - 1987
  • Roberto Carlos ao Vivo - 1988
  • Roberto Carlos - 1988
  • Roberto Carlos - 1989
  • Roberto Carlos - 1990
  • Roberto Carlos - 1991
  • Roberto Carlos - 1992
  • Roberto Carlos - 1993
  • Roberto Carlos - 1994
  • Roberto Carlos - 1995
  • Roberto Carlos - 1996
  • Roberto Carlos - 1997
  • Roberto Carlos - 1998
  • Amor sem Limite - 2000
  • Acústico MTV - 2001
  • Roberto Carlos - 2002
  • Pra Sempre - 2003
  • Pra Sempre – Ao vivo - 2004
  • Roberto Carlos 2005 - 2005

» leia/escreva comentários (5)