Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Prognóstico 2007 - Música

por Rodrigo Ortega

receite essa matéria para um amigo

Tudo bem, adivinhar o resultado de uma corrida depois que os competidores entraram em movimento é mais fácil. Os favoritos já se revelaram, alguns azarões deram as caras e os mais lentos estão ficando para trás. Mas, convenhamos, quando a maratona dura um ano e o espaço para novos corredores é infinito, este exercício de adivinhação fica quase impossível. Mesmo assim, o Pílula Pop arrisca seus palpites e apresenta o prognóstico musical para 2007.

O bonde andando

O mais forte concorrente à medalha de ouro de 2007 que já passou pelo Pílula é o canadense Arcade Fire, com Neon Bible. Além dele, já aprovamos o Bloc Party e o Clap Your Hands Say Yeah no teste do segundo disco. O terceiro dos Shins também ganhou elogios. Na competição nacional, a nota do Tianastácia foi bem mais baixa.

Outros discos que já estão na fila de resenhas são a estréia do The Good, The Bad and the Queen, super-equipe formada por Damon Albarn (Blur e Gorillaz), Paul Simonon (ex-Clash), Simon Tong (ex-Verve) e o produtor Danger Mouse (Gnarls Barkley), e Infinity On High, do Fall Out Boy, cotado para repetir o “fenômeno My Chemical Romance” em 2007.


Até agora os canadenses estão na frente

Emo nas arenas

A estranha transformação do emocore em rock de arena não fica só nas mãos do Fall Out Boy. O Good Charlotte lança Good Morning Revival em março. No single "The River", o vocalista Joel Madden chega a arriscar uma imitação de James Hetfield, do Metallica.

Depois da visita ao Brasil em janeiro, o Simple Plan planeja trabalhar em um novo disco, assim como o Panic! At the disco, “the biggest new rock band in America”, segundo a revista Rolling Stone. O vocalista do Panic!, Ryan Ross, adiantou: “o disco será algo como um conto de fadas moderno. Tenho estudado as pessoas (um sem-teto na Escócia, um cego que tocava acordeon em Londres) e elas têm me inspirado nas novas letras".


O Black Parade de 2007?

A invasão de sempre

Na ilha com maior índice de novidades pop por segundo, dois dos lançamentos mais esperados são do Radiohead e dos Arctic Monkeys. A banda de Thom Yorke anda postando notícias e fotos das gravações no seu blog (radiohead.com/deadairspace). A turma de Alex Turner lança Favorite Worst Nightmare no dia 23 de abril. "D is for Dangerous", "This House Is a Circus" e "Fluorescent Adolescent" estão entre as novas faixas.

Os Kaiser Chiefs, com o disco Yours Truly, Angry Mob, já têm sérios canditatos aos prêmios de 2007 de melhor single (“Ruby”) e ao melhor nome de música ("Love is not a competition (but I'm winning)"). O novo do Travis, The Boy With No Name, também tem um bom primeiro single, “Closer”.

A banda nova mais incensada é a dos heróis da new rave Klaxons. O disco Myths Of The Near Future estreou no segundo lugar da parada inglesa. O rock-proletário dos escoceses do The View também emplacou no Reino Unido, e agora a banda parte para uma turnê nos EUA em março, mês de lançamento do segundo disco dos Rakes.


Os escoceses do The View querem passar para o lado de cá

Outras invasões

Os suecos do Hives - estão gravando em Londres e o nome do disco deve ser The World's First Perfect Album. O site dos australianos do Silverchair tem uma contagem-regressiva para o lançamento de Young Modern (na última vez que olhei faltavam 40 dias, 19 horas, 51 minutos e 34 segundos). Coloque aí uns 30 dias a mais e já vai ter saído também o disco dos curitibanos do Bonde do Rolê, pelo tão falado mesmo-selo-do-Franz Ferdinand, Domino.

Os norte-americanos do LCD Soundsystem vão lançar oficialmente o disco Sound Of Silver em março, mas as faixas já vazaram na web há muito tempo. Os Kings of Leon levam Because of the Times às lojas em abril, mas o primeiro single, da apoteótica "On Call", já está no Myspace deles. Outro álbum novo dos EUA na praça é o terceiro de Norah Jones, Not Too Late.


Bonde do Role is on fire

Reciclagem

O mundo pop dos Estados Unidos não é muito voraz por novidades. Pelo contrário: 2007 vai marcar o retorno dos ex-finados Rage Against the Machine e Smashing Pumpkins. A banda original de três quartos do Audioslave vai se reunir para o festival Coachella e os Pumpkins vão gravar um disco novo, Zeitgeist (com Billy Corgan e Jimmy Chamberlin, e provavelmente sem D'Arcy e James Iha).

Dizem por aí que a dupla Josh Homme e Nick Oliveri vai retomar a parceria no Queens of the Stone Age. Com ou sem Nick, o novo do QotSA, Era Vulgaris, sai lá pelo meio do ano. Até sumido Marilyn Manson promete um novo disco, chamado Eat Me, Drink Me, para 2007. A epidemia dos retornos chegou até a Grã-Bretanha: o Police vai voltar aos palcos e o Jesus and Mary Chain vai tocar no mesmo festival que o Rage Against the Machine, em abril.


Josh e Nick: are the boys back in town?

Garotas de volta

Para o público que prefere um kit de maquiagem novinho a um case de guitarra empoeirado, 2007 também deve ser um bom ano. O novo disco de Britney Spears já está “metade pronto”. Mariah Carey pretende assinar dois álbuns neste ano e ainda estrelar um filme chamado Tenessee. Jennifer Lopez vai lançar seu primeiro disco em espanhol, Como Ama Una Mujer, dia 27 de março. Dignity é o nome do próximo álbum de Hilary Duff, que sai dia 3 de abril. Ashlee Simpson também promete seu terceiro disco para antes do próximo reveillon.

A musa das gEraÇaUM mIggUxAxx, Avril Lavigne, vai voltar dia 17 de abril, com o disco Keep Holding On. A faixa "Girlfriend" foi genialmente definida no site da revista Bizz como um cruzamento entre Joan Jett e Pokemón.


mIguxXxaaaA

Os primos pobres

Até agora, o disco independente mais legal que chegou às lojas em 2007 é Sublime Mundo Crânio, dos cariocas do Lasciva Lula. Mas a concorrência será forte: da capital federal vão chegar discos do Beto Só e dos Violins. Do Rio Grande do Sul, chegam o quarto disco do Cachorro Grande e os segundos dos Superguidis e do Wonkavision.

Com EPs e singles em alta rotação na praça, os cariocas do Rockz e do Columbia, os mato-grossenses do Vanguart, os paranaenses do Charme Chulo, os mineiros do monno e os cearenses do Montage lançam seus aguardados long-plays de estréia neste ano. A pernambucana radicada em São Paulo Lulina vai lançar seu primeiro disco "não-caseiro", Cristalina, no primeiro semestre, pelo selo Slag.


Lasciva Lula e os confetes quadrados

Os primos ricos

No grande mercado nacional, a maior novidade é que o próximo disco dos Los Hermanos não vai ser gravado em um sítio. Em abril, os barbudos começam a trabalhar no quinto álbum, na cidade grande mesmo. Leela e Pato Fu também entram em estúdio, assim com Dinho Ouro-Preto e seus amigos, que pararam de brincar de Aborto Elétrico e voltam a ser Capital Inicial mesmo.

Tá, o Kid Abelha vai comemorar 25 anos de carreira e tem direito de lançar um acústico em espanhol ou uma coletânea de remixes funk (na verdade, a banda ainda não anunciou nenhum lançamento para 2007). Mas nada justifica a Pitty, com dois discos na bagagem, gravar um ao vivo no Circo Voador.

Humberto Gessinger está prometendo desde o ano passado o sucessor do Acústico MTV dos Engenheiros do Hawaii. Diz que este ano sai. Enquanto isso, o produtor Chico Neves (Los Hermanos, Skank, Moptop) vai para o estúdio com o Ludov, tomara que com mais agilidade que tio Humberto.


O terceiro disco da Pitty vai ser ao vivo

Os palcos brasileiros já receberam Simple Plan, Ben Harper, Matisyahu e Deftones. Além do concorrido Coldplay, Pet Shop Boys, Placebo, Keane e Incubus também estão confirmados ainda no primeiro semestre. Bob Dylan, Kaiser Chiefs, Sonic Youth, Foo Fighters, The Cure, Gwen Stefani e Evanescence estão entre os famosos “dizem por aí...”.

» leia/escreva comentários (19)