Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Euforia e depressão

16.12.05

por Rodrigo Ortega

Monno - EP

(Independente, 2005)

Top 3: “A Falta”, “#1” e “Lugar Algum”.

Princípio Ativo:
Desrespeito

receite essa matéria para um amigo

A boa etiqueta diz que devemos bater na porta antes de entrar. A tradicional família mineira exige benção dos mais jovens. A sabedoria popular recomenda não ir com sede ao pote. A banda belo-horizontina monno ignora sem pudor estas regras no seu primeiro EP, recém-lançado de forma independente. Os riffs marcantes e melodias urgentes chegam sem aviso nem benção, derrubam o pote e fazem a festa sobre os cacos.

Já na primeira faixa, "Silêncio", o vocalista Bruno deixa claro: "O tempo é curto para o que você quer ser". A ansiedade provoca crises agudas de euforia e depressão. Este seria um bom diagnóstico para Bruno, Euler (baixo), Gustavo Koala (batera) e Coelho (guitarra). Antenados no rock dos anos 00, eles se juntaram no início de 2005. A boa recepção dos shows em Belo Horizonte e das músicas disponíveis no site Tramavirtual foram sinais positivos para a gravação, de junho a setembro, do EP com sete faixas.

A euforia rende canções que fazem do monno uma promessa da cena independente nacional. As guitarras de “A Falta” e “#1” são auto-adesivas. No outro pólo do transtorno, a depressão, estão melodias tristes e bonitas, como “Nada demais” e “Lugar Algum”, com jeito de hino indie. As duas últimas faixas, “Quem Sabe” e “Um dia” caminham entre os dois extremos. Limpas ou cheias de distorção, as guitarras trazem consigo uma saudável ansiedade e vontade de apagar a luz, acender um cigarro e ir ver a noite na rua.

O monno não respeita regras e o crítico segue o caminho, alguns centímetros à frente da distância regulamentar entre o jornalista e a banda de rock. Freqüentar os shows da banda e ter curiosidade de ouvir Pedro the Lion, pois o vocalista recomenda, são coisas que cabem em uma resenha? Talvez. Mas para não deixar dúvidas, assim como outros textos informaram que “Rodrigo Ortega é editor da revista eletrônica Pílula Pop (www.pilulapop.com.br)”, este aqui termina em “Rodrigo Ortega é fã do monno (www.tramavirtual.com.br/monno)”.

O vocalista Bruno: será que ele empresta o CD do Pedro the Lion?

» leia/escreva comentários (23)