Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Referências fonográficas

11.01.06

por Rodrigo Ortega

The Rasmus - Hide From the Sun

(Universal, 2005)

Top 3: “Keep your heart broken”, “Sail Away” e “Dead Promisses”.

Princípio Ativo:
Estudo

receite essa matéria para um amigo

A reportagem era super clichê: “Estudantes de primeiro grau descobrem na prática o que vão ser quando crescer”. A pequena radialista respondia sobre as canções mais pedidas no recreio.

- Ah, o de sempre...Charlie Brown Jr., Avril Lavigne e The Rasmus.

The o quê? O sentimento foi outro clichê: “Esta juventude de hoje não pára de inventar moda”. Algumas zappeadas no Disk MTV e audições de Hide From the Sun, sexto álbum do Rasmus, facilitaram a pesquisa. A palidez do rosto do vocalista Lauri Ylonen e a origem nos anos 90 em um país estranho, a Finlândia, sugerem uma banda obscura, algo como um Placebo genérico. Resposta errada. O refrão-super-bonder de “No Fear”, primeiro single do disco, dá razão à garota: The Rasmus bomba qualquer recreio.

Os finlandeses fazem suas lições e o Pílula pesquisa as referências:

EVANESCENCE. Fallen. EUA: SonyBMG, 2003.
- Responda rápido: O que é The Rasmus?
- Evanescence de menino.
O heavy-metal amaciado, temperado com melodias pop e coberto com um visual dark-radical-chique deu certo com o Evanescence. Os finlandeses mudaram de leve a fórmula, com menos firulas e vocal masculino, o que deve agradar mais aos fãs do Chorão do que às fãs da Avril.

NIRVANA. “Sliver”. In: Sliver – the best of the box. EUA: Universal, 1993.
A falta de pudor em misturar pop e distorção tem seus mestres. Baixe a recém-lançada compilação de raridades Sliver – the best from the Box. Conte quantas vezes Kurt Cobain repete o singelo refrão “Gradma take me home” em “Sliver”. Conseguiu? Agora ligue na MTV e conte quantas vezes Lauri Ylonen canta “No fear / destination darkness” em “No Fear”. Perdeu as contas, né?

METALLICA. S & M. EUA: Universal, 1999.
O novo single, “Sail Away”, mostra que os garotos também curtem violões e arranjo de cordas. A balada não chega perto do 10, mas também não fica abaixo da média. A nota aumenta um pouco em “Dead Promisses”, com a mistura de violinos e guitarras usada pelo Metallica em S&M. A canção foi gravada com a orquestra Apocalyptica, conhecida por suas versões sinfônicas de... Metallica.

JOVI, Bon. These Days. EUA: Universal, 1995.
O claro-escuro não aparece só na cor da pele e das roupas de Lauri. A estética depressiva esbarra em melodias ensolaradas. Eles parecem ter escutado mais Bon Jovi do que precisavam, para o bem e para o mal. Não se engane pelos títulos de “Heart of misery” e “Keep your heart broken”. Dá pra abstrair as letras angustiadas e provar a paçoca azeda da primeira faixa e a boa farofa da segunda.

O quarteto finlandês se comportou nos estudos e agora bomba nos recreios

» leia/escreva comentários (66)