Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Jogo dos 7 erros

22.03.06

por Daniel Oliveira

Depois daquele baile

(Brasil, 2005)

Dir.: Roberto Bomtempo
Elenco: Irene Ravache, Lima Duarte, Marcos Caruso, Ingrid Guimarães

Princípio Ativo:
teatro e novela

receite essa matéria para um amigo

Vamos brincar de jogo dos sete erros com “Depois daquele baile”, estréia na direção de cinema do ator Roberto Bomtempo:

1- É a história de um triângulo amoroso da terceira idade, envolvendo Irene Ravache e Lima Duarte. Mas o terceiro vértice não é a Fernanda Montenegro – e essa não é a novela Belíssima.

2- Duarte e Ravache são os atores da vez, com destaque no horário nobre da TV e tudo, mas quem rouba a cena é Marcos Caruso, como o tímido terceiro vértice do triângulo.

3- “Depois daquele baile” é a adaptação cinematográfica de uma peça de Rogério Falabella (o pai da Débora), mas tem mais cara de novela e teatro do que de cinema. As atuações são teatrais, os enquadramentos e a trilha musical são televisivos, o humor cheira aos sitcom’s wannabe brasileiros e o (pouco) drama só funciona devido à boa química do elenco.

4- O diretor Roberto Bomtempo faz de sua estréia em longa metragem – ao contrário de outro estreante com filme baseado em peça, Gustavo Acioly – um produto híbrido: apoiando-se no máximo em seus atores, como no teatro; com produção, trilha sonora, direção de arte e fotografia muito simples, como em uma novela; e poucos movimentos de câmera e edição característicos de cinema. Raro exemplo é a cena em que o personagem de Duarte ensina o de Caruso a dançar.

5- A história se passa em Belo Horizonte, mas a geografia mandou um abraço. Você não sai de uma rua na Serra e cai no viaduto de Santa Tereza. E a cara de subúrbio norte-americano da locação não tem nada a ver com a capital mineira.

6- A atriz Ingrid Guimarães (do seriado “Sob nova direção”) está ali, mas ninguém, inclusive ela, sabe porquê. A participação dela e do carro que fica o tempo todo estacionado no portão da entrada da vila habitada pelos moradores da trama têm a mesma importância dramática.

7- O filme ganhou o prêmio de melhor longa do público de Tiradentes. Mas será que o povo votou: a) no sucesso do casal de Belíssima? b) no único longa da Mostra filmado em Minas? c) ou na trama novelesca, com tempero de comida mineira? Em qualquer uma das três opções, já se trataria de um erro.

O casal multimídia da dramaturgia brasileira

» leia/escreva comentários (5)