Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Até que enfim...

30.11.04

por Braulio Lorentz

Maroon 5 - Songs About Jane

(SonyBMG, 2004)

Top 3: “She Will Be Loved", "This Love" e “Must Get Out”.

Princípio Ativo:
Insistência, novela e verba promocional

receite essa matéria para um amigo

O Top TV-Z, parada de clipes do Multishow, por vezes antecede o Disk MTV e as paradas radiofônicas. Foi assim com Felipe Dylon, com o britpop que não decolou da banda Crase e com o som farofeiro do Seu Cuca, dono de dois quase-hits. O Maroon 5 não é carioca como os três nomes antecipados pelo canal da Globosat, mas tem uma história parecida.

Songs about Jane foi lançado em 2002 nos Estados Unidos e demorou a conquistar um degrau nas paradas gringas. Semanas passaram (56 na Billboard, para ser mais exato) e o sucesso de lá convivia com o fiasco daqui. A banda virou a grande aposta da BMG Brasil no começo de 2004, mas “Harder to Breathe”, o primeiro e mediano single, passou despercebido.

A gravadora resolveu agir. Trouxe os caras para shows em São Paulo e Rio de Janeiro no fim de maio, botou clipe na programação da MTV e o newsletter da BMG meio que se tornou o newsletter do Maroon 5. Enquanto a banda não arredava o pé do Top TV-Z, rádios e MTV não se rendiam ao dançante e certeiro hit “This Love”. A gravadora resolveu apelar. Quem mora no Rio já viu algum outdoor da banda. Quem assiste à novela Senhora do Destino já ouviu “This Love” em alguma cena romântica.

Levadinhas “óteemas” de guitarra estão no DNA do quinteto, juntamente com o vocal característico de Adam Levine. As poses, as dancinhas e o corte de cabelo de Adam têm tudo a ver com Dinho Ouro Preto. As semelhanças param por aí: a voz cativa e, questão de coerência, não lembra a do líder do Capital Inicial. A teoria é comprovada pelo refrão pegajoso de “Must Get Out” e pela chatice de “Shiver”, único momento para utilizar a tecla “>>” do aparelho de som.

“Through With you” parece ter sido feita para o N’sync e “Tangled” é a cara dos Backstreet Boys. “Sunday Morning” lembra Justin Timberlake e, outra questão de coerência, lembra Michael Jackson. “Secret” nos faz mexer os ombrinhos ao som do pré-refrão. O solo é acompanhado de “yeahs” e “ows” - sons que fariam Samuel Rosa se emocionar.

O fofo terceiro single “She Will Be Loved" disputa, falsete a falsete, o título de melhor “balada gringa de finzinho de ano” com a não menos fofa “Look What You've Done” dos australianos do Jet. “It's not always rainbows and butterflies/ It's compromise that moves us along” (“Não são sempre arco-íris e borboletas/ É o compromisso que nós faz continuar”) é apenas uma das muitas frases recadinhos-de-figurinha-de-bala-ice-kiss.

O Maroon 5 faz música pop inofensiva para ser tocada em rádio. O sucesso aparecer com tanto custo foi só um acidente de percurso.

Adam (no centro): nem camisa de força segura o cara

» leia/escreva comentários (6)