Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Longa vida sem Babado?

por Lívia Mendonça

receite essa matéria para um amigo

Após uma hora de espera, Claudia Leitte chegou radiante ao Salão Azul do Copacabana Palace, na tarde quente da última sexta-feira. Apesar do desconforto de ter sua mala extraviada (motivo alegado para o atraso), a cantora, ex-Babado Novo, estava super sorridente, cumprimentando a todos para sua coletiva de imprensa. Ela, que renovou seu contrato no mesmo dia com a Universal Music, contou-nos sobre o inicio de sua carreira solo e o show desse domingo, na praia de Copacabana.

A carioca-baiana disse que descobriu-se uma artista versátil, já que está com a direção artística e musical sob seu comando. "O cenário será moderno, lúdico, carioca e principalmente 'copacabanês', inspirado em Marlene Dietrich e em uma Copacabana antiga, com elementos de pop arte.".

O Rio de Janeiro foi escolhido para a estréia do novo projeto pois a cantora é carioca de nascença e tem parte de sua família morando na cidade. Já a praia, segundo ela, foi idéia de seu marido, por ser um dos cartões-postais mais famosos do mundo.

O set list, composto de 24 músicas, entre elas algumas releituras e sete inéditas, contará com algumas participações especiais. A que mais me surpreendeu foi a do cantor Wando, com quem ela fará um dueto em "Fogo e Paixão". Confesso que, na hora, não consegui imaginar um Wando “axezeiro”, com aquele olhar sedutor e algumas calcinhas sendo atiradas em sua direção.


Leitte desnatado

Ela ainda dividirá o palco com Carlinhos Brown, Daniela Mercury, Gabriel O Pensador e Badauí, do CPM 22. A parceria de Cláudia com o CPM começou na gravação do Estúdio Coca-Cola MTV. Segundo ela, Badauí ficou receoso que seus amigos roqueiros não aprovassem sua participação no projeto.

A cantora que é fã de rock pesado (Iron Maiden, Led Zeppelin e Angra, segundo ela), disse que não vai mudar seu estilo, mas vê possibilidades de mesclar o axé com outros tipos musicais, assim como aconteceu com o hit "Exttravasa", com elementos de música eletrônica. Cláudia ainda comentou sobre as comparações com Ivete Sangalo. Apesar de não serem amigas íntimas, segunda ela, as duas sentem muito carinho uma pela outra. "Nunca houve nenhuma intriga entre eu e Ivete. Ser comparada a ela é uma lisonja para mim".

Esse show também resultará no primeiro DVD solo da cantora e será combinado com um documentário que está sendo gravado há cerca de quatro meses. O vídeo terá cenas de seu dia-dia e algumas histórias de sua vida.

Em relação aos gastos, Claudinha não quis dizer a quantia, mas revelou que foi seu rico dinheirinho que custeou a empreitada. Ela até brincou que quando os patrocinadores chegaram, tudo já estava devidamente pago e "dividido em 500 suaves prestações". Se for depender do interesse da grande imprensa, cujos fotógrafos e câmeras quase me empurraram sacada abaixo na hora de tirar as fotos, o investimento já valeu a pena.


Navegue por todas as entrevistas do Pílula

» leia/escreva comentários (4)