Busca

»»

Cadastro



»» enviar
Loja de Conveniências
Daniel Oliveira
Produtos da cultura pop devidamente remarcados e enfileirados. Mas lembre-se de verificar a validade e a qualidade antes de consumir.

Desperate Housewives

receite essa matéria para um amigo

2- Desperate Housewives: O retrato ácido e hilário do subúrbio norte-americano egoísta, hipócrita e alienado, que explica quem são as pessoas que fizeram Bush vencer a última eleição. Um “Beleza americana” mais engraçado. Cinco versões femininas, mais belas, elegantes, astutas, maquiavélicas e cheias de sexto sentido, de Homer Simpson. A prova de que sua mãe também comete (e muitos) pecados.

É esse o cotidiano de Lynette (a indicada ao Oscar Felicity Huffman), Bree (a assustadora Marcia Cross), Susan (a tal ex-Lois Lane, Teri Hatcher), Gabrielle (a bela Eva Longoria) e Edie (a fogosa Nicolette Sheridan). A série começou com o suicídio de Mary Alice, amiga das cinco, que passou a narrar as pequenas tragédias contornadas no dia-a-dia de uma dona-de-casa, além de provocar a investigação dos mistérios enterrados na pacata vida suburbana. Maior audiência da TV americana, o seriado de Marc Cherry consagrou o humor em formato seqüencial, superando o caráter episódico das sitcoms. Madrasta sarcástica e egocêntrica dos órfãos de “Sex and the city”, tem um roteiro impecável, em que cada episódio apresenta um tema, desenvolvido de maneira surpreendentemente bem amarrada e diferente nas famílias das quatro protagonistas. Além de contar com a trilha sonora do ótimo Danny Elfman (usual parceiro de Tim Burton).

Por que assistir? Cenas como aquela em que Bree recebe a notícia da morte de um ente querido e continua limpando a prataria, ou o enterro desse mesmo ente, ou ainda as desventuras de Lynette com seus filhos são mais que hilárias, são antológicas. Onde e quando? Sony, quintas às 20h.

A desesperada Lynette: ganhar Globos de Ouro e Emmys é mais fácil que ser uma boa mãe

--
Daniel Oliveira é jornalista e fã de Grey's Anatomy.
daniel@pilulapop.com.br

» leia/escreva comentários (3)