Busca

»»

Cadastro



»» enviar
Oito Bits
Cristiano Kolling
"Liga. Não deu? Assopra. Aperta start." Games vistos muito além de pixels e bytes. Histórias, curiosidades e análises mais detalhadas dos jogos e consoles e de sua influência na nossa vida.

Jogos: Onde e Como Comprá-los? (parte I)

receite essa matéria para um amigo

Quem gosta de videogames tem uma constante em sua vida: a compra de jogos.

Sempre que um dinheirinho sobra, lá vamos nós à caça de algo para a nossa diversão: jogos novos, usados, recentes, antigos, originais, piratas, completos ou apenas o cd/cartucho. Não importa: o que vale mesmo é jogar.

Baseado em minhas próprias experiências (frutíferas e infrutíferas), eis que lhes
apresento, então, um pequeno guia sobre como e onde comprar jogos.

RECOMENDAÇÕES INICIAIS

Recomendo que, na hora de comprar, procurem por jogos originais. A diferença no preço às vezes pode ser grande, mas sabendo como e onde comprar é possível encontrar bons jogos a preços acessíveis, além de serem várias as vantagens de se possuir um jogo original:

- Comprando original, dificilmente ele não funcionará no seu videogame.
- O original tem um valor de revenda maior. Na hora de vender ou trocar, ele vale bem mais do que um pirata.
- O original tem uma durabilidade muito superior ao pirata.

Caso você não saiba diferenciar um jogo original de um pirata, peça orientação para algum amigo ou conhecido para não acabar comprando gato por lebre. Não se esqueça de verificar se a região do cartucho, cd ou dvd é compatível com o seu aparelho caso ele não seja destravado.

ONDE COMPRAR?

AMIGOS - Minha primeira sugestão não é um local, e sim, os nossos AMIGOS. Comprar um jogo de uma pessoa próxima é a melhor forma de se conseguir um jogo no estado em que você quer. Com um amigo, você pega o jogo em mãos, testa, e ainda pode negociar com ele como pagar e, quem sabe, consegue um precinho camarada! Sempre procure amigos na hora de comprar, mas os amigos de verdade!

LOJAS FÍSICAS - Comprar em uma loja pode não ser a forma mais barata, mas com certeza é uma das mais seguras. Em lojas você pode manusear e testar os jogos e ter a certeza da procedência, além de obter nota fiscal e garantia pelo seu jogo. Caso algo aconteça (como o jogo não estar funcionando), é mais fácil de resolver, pois você comprou em um local próximo e pode tratar diretamente com o vendedor ou o gerente. Ainda, você tem várias opções de pagamento, como cartões de crédito, dinheiro, cheque ou cartão de débito.

LOJAS VIRTUAIS - As lojas virtuais na Internet também são bons lugares para se comprar jogos. Seus serviços são praticamente iguais aos das lojas físicas: jogos novos, lacrados, com nota fiscal, procedência garantida e diversas formas de pagamento. Outro ponto positivo é que raramente as lojas virtuais mais famosas vendem produtos piratas. Alguma das desvantagens: no caso de defeito ou avaria no jogo, devolver ou trocar pode ser um processo mais burocrático e lento; você não tem como ver ou testar o jogo que comprou; em alguns casos você precisa informar dados pessoais como rg, cpf e número de cartão de crédito (dependendo da forma de pagamento). Eu recomendo essa forma de compra às pessoas um pouco mais experientes em videogame e em compras pela internet, pois é necessário saber bem o que você está comprando e estar familiarizado com o sistema de compra utilizado pelo site em questão.

BANQUINHAS / CAMELÔS - Eis ótimos lugares para se conseguir bons preços. Os camelôs e donos de banquinhas são excelentes opções para se comprar jogos. Com eles, você negocia o preço na hora, faz trocas, manuseia os jogos e testa-os. Nesse caso é necessário já ter alguma experiência em jogos para não comprar jogos piratas como se fossem originais e para não ser enganado no preço (muitos camelôs cobram absurdos por jogos muito populares). Vantagens: pode-se achar jogos raros e em bom estado a preços módicos; pode-se fazer trocas, reservas e pedidos dependendo de sua relação com eles. Desvantagens: trabalham apenas com dinheiro; podem vender piratas dizendo que são originais (tanto por ignorância quanto por má-fé) e vice-versa (mas nem sempre isso é uma desvantagem, heheheh!); raramente seguram um jogo raro mesmo que você peça; em geral, são muito descuidados com os jogos, deixando-os sujar, arranhar, manchar, rasgar caixas e manuais, etc.


CONTINUA...

--
Cristiano Kolling é produtor editorial e nutre uma paixão platônica por Mrs. Pac Man.
cristianokolling@gmail.com

» leia/escreva comentários (2)