Busca

»»

Cadastro



»» enviar

George Clooney

por Daniel Oliveira

receite essa matéria para um amigo


Como diretor, em “Boa noite
e boa sorte”...
1- Clooney, o charme: George Timothy Clooney, nascido aos 6 de maio de 1961 no Kentucky, chegou a Los Angeles em 1982, com US$ 300 no bolso, para tentar a sorte como ator. Ele conhecia um pouco de sets e gravações, já que seu pai, Nick, era um âncora local e George passou a infância em estúdios de TV. Apesar dos vários seriados, como a primeira tentativa de ER, de 1984, o sucesso só veio com o charmoso Dr. Doug Ross, da bem sucedida versão dos anos 90. Foi com seu humor sarcástico e o olhar garanhão, que ele conseguiu papéis ao lado de Michelle Pfeiffer (Um dia especial), Nicole Kidman (O pacificador) e Jennifer Lopez (Irresistível paixão), realizando a difícil transição da TV para o cinema.

2- Clooney, a piada: Esse último marcou o início da parceria com o diretor Steven Soderbergh, com quem fundou a produtora Section Eight. Além dele, formou uma rede de amigos - materializada na trupe de “Onze homens e um segredo” e sua seqüência – com os quais Clooney adora aprontar. Brad Pitt é uma das vítimas favoritas do ex-ER - o Mr. Smith tirou o primeiro grande papel de Clooney no cinema, ao ganhar a vaga do caroneiro de “Thelma e Louise”. “I’m proud to be gay” foi um dos adesivos já colados no carro de Pitt. E durante a divulgação de “Doze homens...”, Clooney espalhava que o ator estaria chateado por ter perdido para Jude Law o título de homem mais sexy do mundo. Outra: depois de ter gasto 600 dólares de Matt Damon no jogo em Las Vegas, George mandou um cheque para o colega, na manhã seguinte, com o mesmo valor, pagando uma lap dance (uma espécie de strip tease). Convenhamos: é preciso bom humor para superar os mamilos de “Batman e Robin” no currículo.

3- Clooney, a política: Além de arrecadar milhões de dólares para as famílias dos mortos no 11 de setembro e para as vítimas do Tsunami na Ásia, Clooney abraça seus melhores projetos quando eles têm algo de político. Sua estréia na direção, “Confissões de uma mente perigosa”, era a controversa história de um apresentador de TV que afirmava prestar serviços para a CIA. O conhecimento dos bastidores da televisão e o engajamento o levaram ao longa seguinte como diretor, “Boa noite e boa sorte” , melhor roteiro do Festival de Veneza. Nas gravações de “Syriana” , outra obra política, Clooney bateu a cabeça, ficando desacordado por horas, seguido de perda de memória recente e vazamento de líquido de sua espinha dorsal, tendo que se submeter a uma cirurgia. Ele reencontra Soderbergh em “O segredo de Berlim”; a política, em “Michael Clayton”; e a diversão com sua trupe favorita em “Treze homens em um novo segredo”.

...e fingindo que não é com ele, como ator em “Syriana”
Filmografia
  • The Belmont boys (2008), anunciado, diretor
  • White Jazz (2008), pré-produção
  • The american (2010), em produção
  • Amor sem escalas (2009)
  • Os homens que encaravam cabras (2009)
  • O fantástico Sr. Raposo (2009) (voz)
  • Queime depois de ler (2008)
  • O amor não tem regras (2008), também diretor
  • Conduta de risco (2007)
  • Treze homens em um novo segredo (2007)
  • O segredo de Berlim (2006)
  • Syriana – A indústria do petróleo (2005)
  • Boa noite e boa sorte (2005)
  • Doze homens e outro segredo (2004)
  • O amor custa caro (2003)
  • Pequenos espiões 3-D: Game Over (2003)
  • Confissões de uma mente perigosa (2002)
  • Solaris (2002)
  • Tudo por um segredo (2002)
  • Onze homens e um segredo (2001)
  • Pequenos espiões (2001)
  • Mar em fúria (2000)
  • E aí, meu irmão, cadê você? (2000)
  • ER: Plantão médico (1994-1999), série de TV
  • Código de ataque (2000), TV
  • Três reis (1999)
  • South Park: maior, melhor e sem cortes (1999), voz
  • Além da linha vermelha (1998)
  • Irresistível paixão (1998)
  • O pacificador (1997)
  • Batman & Robin (1997)
  • Um dia especial (1996)
  • Curdled (1996), não-creditado
  • Um drink no inferno (1996)
  • Sisters (1991), série de TV
  • The Harvest (1993)
  • Bomba terrorista (1993), TV
  • Assassinatos em série (1992)
  • Jovem para sempre (1992)
  • Baby Talk (1991), série de TV
  • Roseanne
  • Rewrite for Murder (1991), TV
  • Na trilha do crime (1990), série de TV
  • Soberanos das drogas (1990)
  • Knights of the Kitchen Table (1990), TV
  • A volta dos tomates assassinos! (1988)
  • Return to Horror High (1987)
  • Grizzly II: The Predator (1987)
  • Loucademia de combate (1986), TV
  • ER: Plantão médico (1984), série de TV

» leia/escreva comentários (2)