Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Overdose X Men

Os meus, os seus e os nossos X Men

por Daniel Oliveira e Rodrigo Campanella

receite essa matéria para um amigo

Fale a verdade: algum dia, você já realmente pensou que o Superman podia morrer? Claro que não. Agora, eu sempre morria de medo de que meus X Men favoritos encontrassem sua cova em uma das sempre trágicas batalhas enfrentadas pelos mutantes. Por isso, ler (e assistir) os caras era algo que me causava muita expectativa, a cada mês, na minha infância e adolescência - uma emoção diferente de qualquer outra HQ.

Esse aspecto trágico - feliz e infelizmente - abraçado no terceiro filme, junto com o fato de que os caras eram excluídos, diferentes (uma metáfora irrecusável para qualquer um que não fosse o “popular da escola”) faz da admiração por X Men quase uma religião entre os fãs. Confira abaixo alguns testemunhos dessa certa “falta de limites jornalísticos”, com a resenha do filme, um texto sobre a HQ e algumas especulações, no mínimo, divertidas.

P.S.: Fã que é fã sabe que o confronto nunca é final!

X Men: O confronto final - o filme

» leia/escreva comentários (9)