Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Adivinha o quê?

25.04.05

por Lívia Bergo

A Família da Noiva

(Guess Who, EUA, 2005)

Direção: Kevin Rodney Sullivan
Elenco: Bernie Mac, Ashton Kutcher, Zoe Saldana, Judith Scott.

Princípio Ativo:
Ébano e marfim.

receite essa matéria para um amigo

Sejamos diretos: a refilmagem de “Adivinhe Quem Vem Para Jantar” (Guess Who's Coming to Dinner, 1967) não será indicada a dez Oscars, mas cumpre seu papel de garantir alguns sorrisos despretensiosos na platéia.

Já de início devemos reconhecer nossa parcela de culpa pelo lançamento morno do filme por aqui. A versão brasileira para o título, a la “Sessão da Tarde”, como sempre, só nos afasta das salas de cinema. Além disso, o slogan de lançamento do filme – “some in-laws were made to be broken” – se perdeu na tradução para o português. Ah, vai... ele é engraçadinho...

Segundo Bernie Mac (que interpreta um pai ciumento), sua admiração por Sidney Poitier – que atuou no primeiro filme – foi um grande incentivo para que aceitasse fazer a refilmagem. Apesar disso, durante a exibição, é melhor não procurar semelhanças com o filme de 67, já que o novo longa não se ateve muito ao roteiro original, lembrando apenas de longe as questões levantadas por este. Ao contrário, as situações nos remetem muito mais ao “Entrando Numa Fria” (2000) de Ben Stiller.

O enredo-base é um velho conhecido nosso. Um casal de meia-idade se prepara para conhecer o novo namorado da filha já emancipada. Apesar de ser cordial e bem-sucedido profissionalmente, o pretendente a genro não é bem aceito pelo sogro superprotetor que faz de tudo para evidenciar seus defeitos frente à família.

Se na década de 60 a família Drayton se chocou ao conhecer John Prentice (Sidney Poitier), o noivo negro de sua filha branca, o que ocorre agora é, digamos, o contrário, já que é a família Jones que está conhecendo o novo parente branco, vivido por Ashton Kutcher.

“A Família da Noiva” nem esbarra nas discussões levantadas pelo filme em que se inspirou. Talvez porque hoje uma representação tão séria da discriminação racial contra os negros não caiba mais. E é provável que a opção por inverter os papéis tenha sido o toque de modernidade do roteiro, diante de uma sociedade norte-americana completamente dominada pelo “jeito black de ser”.

A única explicação para o sucesso do filme em solo ianque está mais no elenco do que no enredo. Ashton Kutcher é o astro do programa “Punk´d” da MTV e, mesmo com comédias teens insossas no currículo, tem atraído o público jovem para o cinema. Já Bernie Mac faz sucesso com o premiado “The Bernie Mac Show” (Fox) – aqui o nome já diz tudo –, que vai para sua 4ª temporada.

Como diria Rubens Ewald Filho, os dois atores convencem. Só acho bastante improvável que Ashton Kutcher um dia ganhe o Oscar pelo conjunto da obra. Ou não?

Me esconde antes que o Pai da Noiva me ache e eu acabe Entrando numa Fria!

» leia/escreva comentários (0)