Apenas o fim

Assim como o amor, seu fim também é tema universal, cantado de de norte a sul. No nosso caso, do norte da América do Norte ao sul da América do Sul. De lá vêm duas bandas com novas músicas sobre corações desapaixonados: a gaúcha Apanhador Só e a canadense Crystal Castles.

Em “Nescafé”, do primeiro CD da banda brasileira, o amor agoniza. Guitarras trôpegas acompanham retratos de um casal em crise. “Me esqueço em pensamentos e tu cobra um pouco de colchão”. Do seu território na cama, o rapaz ainda se pergunta: “Em que sonho eu sonho meu sonho igual ao teu?”. Mas a frieza da mulher, que “coloca seu calor na estante e vem se deitar”, parece maior.

Apanhador Só – Nescafé

O caso dos canadenses é mais definitivo. Eles refazem “Not in love”, da banda new wave Platinum Blonde, com ajuda de Robert Smith, do Cure. Sintetizadores cruéis acompanham a descrição precisa de um rompimento: “Éramos amantes, agora não podemos ser amigos / o fascínio termina, aí vamos de novo”. Romances são castelos de cristal e, dependendo do ângulo, é bonito vê-los despedaçar.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010