Ninguém vai onde a Feist está

Nossa avaliação

Uma rádio de Denver tocou hoje a primeira música divulgada na íntegra de “Metals”, novo CD da Feist. How come you never go there é uma baladinha mais My moon my man do que Mushaboom, só que com algumas guitarrinhas distorcidas para que a moça canadense possa continuar se afirmando indie – e seus fãs continuem ouvindo suas doces lamúrias sem culpa. Sem grandes mudanças em relação aos trabalhos anteriores da cantora, How come you never go there mistura seus vocais meio Cat Power-com-menos-preguiça a arranjos menos minimalistas que os da jazz-girl norte-americana. Gostosinha de ouvir e bem produzida, mas nada demais. Confere aí.

Feist – How Come You Never Go There by TheNJUnderground

[Via The NJUnderground]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009