O Zelador Animal

Nossa avaliação

[xrr rating=0.5/5]

“Dr. Dolittle”, “Hitch – Conselheiro Amoroso” e “Uma Noite no Museu” se encontram em “O Zelador Animal”. E se as inspirações não são lá essas coisas, o filme consegue ser ainda pior. Kevin James é o zelador do título que, após reencontrar uma antiga namorada, resolve reconquistá-la com a ajuda dos conselhos amorosos dos animais falantes do zoológico em que trabalha.

Sim, é isso mesmo que você leu. Mesmo colocando de lado a premissa absurda e tentando aceitar tudo em nome da diversão, “O Zelador Animal” não funciona. Personagens aparecem, desaparecem e mudam de personalidade conforme a história pede. A própria trama que move o roteiro não faz sentido nenhum: se a ex parece se oferecer o tempo inteiro para o personagem principal, por que ele precisa conquistá-la? Qual é o conflito?

Os personagens animais podem até agradar às crianças mais pequenas – e somente a elas. Mas não possuem graça e nunca compreendemos os motivos que levam o zelador a confiar nas “dicas” de conquistas. Talvez a coisa toda seja um pouco mais interessante com as vozes de Sylvester Stallone, Nick Nolte e Adam Sandler dublando a bicharada. Mas como no Brasil só teremos cópias dubladas, todos foram substituídos por Marcelo Adnet, que consegue fazer um bom trabalho, mas sem a personalidade dos dubladores originais.

No fim das contas, “O Zelador Animal” é uma produção constrangedora, que não se decide entre comédia tosca para adultos ou filme engraçadinho para as crianças. Sonolento, previsível e sem humor. Em resumo, uma perda de tempo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009