HQs da semana: 22 de fevereiro

Nossa avaliação

Passou o carnaval, e agora o ano começa pra valer. Mas para os americanos, é claro, a semana passada não teve recesso e os quadrinhos chegaram às comic shops na quarta-feira, como sempre. Vamos aos destaques!

Se eu sempre falo bem de “Avengers Academy” quando a equipe criativa acerta a mão, nada mais justo do que meter o pau quando eles erram. E em “Avengers Academy #26” eles erraram feio! A edição inteira é dedicada a um “cisma” entre os treinadores de heróis e um adolescente bilionário que quer convencer os jovens a explorar comercialmente seus dons supernaturais. Mas se a diferença de opiniões entre os líderes dos X-Men foi expressa sob a forma de pancadaria, aqui o conflito é resolvido de uma maneira muito mais politicamente correta. Só que vinte páginas de discursos e debates são de dar sono…

“Chew #24” mantém o alto nível da série bizarra de John Layman e Rob Guillory, colocando uma nova protagonista em cena, pelo menos para esse arco de estórias. O universo povoado por pessoas com poderes estranhos relacionados a comida continua ficando cada vez mais perturbador, pra não dizer um tanto ridículo. Com a introdução de um “xocoscalper”, um sujeito capaz de “esculpir chocolate – e apenas chocolate – com tal precisão e verossimilhança, que qualquer objeto por ele reproduzido pode imitar completamente as características de sua contraparte real”. Então, é claro, temos armas laser feitas de chocolate.

“Wolverine and the X-Men #6” mostrou que a série pode continuar a ser ultradivertida mesmo com a troca do artista Chris Bachalo (do primeiro arco) por Nick Bradshaw. A dinâmica entre Quentin Quire e o “diretor” Logan continua a ser o ponto alto do título, enquanto que a estória secundária (que faz uma homenagem a uma antiga edição de X-Men em que Kitty Pryde enfrentava, sozinha na mansão, uma ameaça alienígena), é interessante mas não empolga. Ainda assim, são edições como essa que mostram que a franquia dos mutantes está atualmente em condições muito melhores do que a dos Vingadores, e se isso contasse alguma coisa no quebra-pau a acontecer no iminente crossover “AvsX”, eu diria que os ex-pupilos do Professor X iriam varrer o chão com os “heróis mais poderosos da Terra”.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010