HQs da semana: 21 de março

Nossa avaliação

O tempo é curto e, por isso, a coluna desta semana será mais enxuta. Mesmo assim, não podíamos deixar alguns dos destaques passarem em branco.

O primeiro deles é “Supercrooks #1”, estreia do novo título autoral de Mark Millar, com os ótimos desenhos de Leinil Yu. A trama gira em torno de um grupo de criminosos com superpoderes que, cansados de sempre serem capturados pelos heróis e precisando de grana para saldar uma perigosa dívida, decidem mudar sua área de atuação para um país sem justiceiros fantasiados.

Millar, que não é nada bobo, já escreve o título pensando em vender os direitos para a adaptação cinematográfica. “Supercrooks” é escrito como um filme, com um ritmo mais lento e mais cuidado na caracterização dos personagens. Tem a velha cadência de diálogo típica do autor, mas não oferece nenhum conceito radicalmente novo, resultando em algo próximo a um “Onze Homens e Um Segredo” com supervilões.

O outro destaque da semana é “Wonder Woman #7”. O título da amazona, escrito por Brian Azzarello, vem consistentemente oferecendo diversão a cada mês com a reinterpretação da mitologia (literalmente) da heroína. Na edição de março conhecemos um pouco mais sobre o deus da forja, Hefaistos, e seus ajudantes, que têm uma ligação sinistra com a Ilha Paraíso das amazonas.

Basicamente, Azzarello vem tornando a Mulher-Maravilha mais e mais interessante sem alterar em nada a personagem. Mas sim revisando o “mundo” fantástico no qual ela se insere, transformando o pano de fundo da estória de um universo asséptico e idílico em algo muito mais perigoso e imprevisível.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010