The Rising of the Shield Hero

Nossa avaliação
The Rising of the Shield Hero (2018–)
The Rising of the Shield Hero poster Direção: N/A
Elenco: Kaito Ishikawa, Asami Seto, Billy Kametz, Erica Mendez


Shield Hero conta a história de um herói considerado inútil e narra a sua ascensão. Mas o conflito que de fato cria as condições narrativas que ele precisa superar é uma falsa acusação de estupro. Esse contexto, construído logo na estreia, gerou reações acaloradas e polarizadas.

Mas havia algo mais curioso que a controvérsia nesse primeiro episódio. As qualidades mais evidentes da história pareciam releituras de clichês velhos, mas seus problemas pareciam fascinantes pelas discussões e portas que poderiam abrir.

Shield Hero foi uma montanha russa desde o primeiro momento. Com que espírito encarar essa aventura quando a premissa parece inadequada? Por outro lado, o triunfo de quem foi injustiçado e a ascensão de quem está por baixo são duas coisas sempre interessantes de se ver. E será que a premissa era realmente um problema?

No vídeo, uma análise detalhada do anime a partir das perguntas que me fiz no primeiro episódio e das respostas que encontrei ao longo da série:

Adaptado de uma obra popular, com grandes investimentos de produção e apoiado por uma plataforma de streaming dedicada aos animes, a vida parecia fácil para o anime do herói do escudo. Em certa medida, foi mesmo.

Lançado em janeiro, Shield Hero era uma das produções mais aguardadas do ano. Não que a série precisasse de ajuda para alcançar público, mas a controvérsia do primeiro episódio parece ter estimulado o “engajamento” das pessoas com a história.

Porém, faltando menos de 12 horas para a exibição do último de seus 25 episódios (nesta quarta, às 22h do Japão/10h de Brasília) é notável a perda de fôlego do anime e a baixa expectativa/repercussão para um season finale. Apesar de seu grande sucesso comercial, a verdade é que a série deixará um legado bem mais tímido que o imaginado.

O Pílula Pop abre suas portas para um velho conhecido que chega trazendo algo novo. Igor Costoli está de volta, agora falando de animação japonesa, ampliando para bem mais a leste os horizontes do site…

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009