O Corre contra o Corona

Quadrinhos sempre tiveram um espaço muito importante na minha vida. Pode parecer balela e romantização, mas é real. Muito da minha conduta veio dos exemplos bons que eu pescava nas histórias em quadrinhos de super-heróis, aliás, quadrinhos esses que ajudaram na minha alfabetização. Nasci e cresci em periferia e sempre quis muito ser super-herói, enxergo sim a importância desses ícones na vida das crianças que depositam parte de suas esperanças em personagens fictícios no sonho de encontrar heróis que existem.

Por isso eu escolhi falar do quadrinho Inimigo Invisível, produzida pelo O Corre, coletivo nascido na periferia, em meu retorno ao Pílula Pop. Esta HQ que não terá o alcance dos quadrinhos de grandes editoras, mas eu tenho certeza, com sua simplicidade, profundidade e importância, vai mudar a vida das crianças que tiverem o contato com essa história.

O Inimigo Invisível na periferia vai muito além do Coronavírus

Da imaginação a realidade

Inimigo Invisível é contada pela perspectiva de Jonas, uma criança moradora de periferia, que está em casa durante a quarentena imposta pela pandemia da Covid-19, tem dificuldades em fazer aula online devido ao acesso a internet e tá doido para sair e rever seus amigos, mas segue firme em casa.

Em um dia sem conseguir estudar, Jonas deixa a imaginação sair pela porta no melhor estilo “O Fantástico Mundo de Bobby” (se você é muito novo e não sabe do que eu tô falando, procura no Youtube) e imagina o coronavírus como um grande vilão que tem o poder de ficar invisível e de fazer clones da sombra, tipo Naruto. Bem, todo vilão precisa de um contraponto heroico, e ele vê na figura de Joana, a irmã mais velha que faz trabalho comunitário na periferia, se arriscando no meio da Covid para ajudar aqueles que mais precisam na periferia.

Heróis e vilões existem

Inimigo Invisível é uma história com um vilão de verdade, com heróis de verdade, num ambiente que existe e ao mesmo tempo que entretém, educa. Se há crianças em periferias que sonham na esperança de existir heróis aqui elas vão encontrar uma indicação de onde eles estão: no próprio convívio delas.

Aliás, engana-se você se acha que o único inimigo invisível da história é o coronavírus, aproveita que a história é curta e rê-le com calma. Vai perceber que na periferia o “distanciamento social” é muito maior e mais profundo do que apenas dois metros.

Acredito muito no papel que os quadrinhos têm de educar e informar, sem perder a capacidade de entreter. Neste momento de pandemia os quadrinhos podem ser sim um canal para informação, mas sem perder a magia de um bom roteiro, com bons desenhos, em uma boa história.

Inimigo Invisível tem periferia correndo nas veias, nas falas, nos quadros, na ambientação, nas questões mostradas de maneira tão sutil, mas certeiras. Vemos como a periferia sobrevive e cresce como comunidade, não apenas com as dificuldades que a Covid-19 trouxe, mas com as dificuldades que começaram a ser pavimentadas a partir do momento em que o brasil passou a crescer de maneira desordeira e desigual.

Quadrinhos sociais podem ser muito bons, podem ser profundos, podem ser pura diversão para crianças ao mesmo tempo que faz adultos pensarem. Dá sim para fazer algo divertido e educativo. E por falar nisso, tem uma página dupla monstra no melhor estilo “Onde Está Wally?” (com a participação do próprio Wally) para você se perder por lá.

Onde achar

Inimigo Invisível é distribuído gratuitamente na cidade de São Paulo pelo SESC Interlagos, mas, sua edição online está disponível aqui. Se quiser, na mesma página, tem um link para a versão em pdf onde você pode imprimir a HQ em casa e, por que não, colorir. Que história é essa que HQ em preto em branco tem que permanecer em preto e branco? Inimigo Invisível deixa claro que para você conseguir ver a vida melhor é necessário colocar um pouco de alegria e cor em sua própria narrativa.

A equipe criativa da HQ que faz parte do coletivo O Corre é esta aqui:

Produção Executiva: Ana Paula
Revisão: Bianca Martins
Organização: Ciano Buzz
Diagramação: Ewerton Silva
Ilustrador: Lukera Andrade
Coordenação: Weslley Silva

Inimigo Invisível gratuito no Sesc Interlagos ou em distribuição online

Tico Pedrosa é roteirista, escritor e fã de quadrinho desde sempre. Você pode conferir as ideias dele no instagram e twitter.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009