Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Pato Fu

por Braulio Lorentz
(textos e fotos)

» receite essa matéria para um amigo

Com o barulho da guitarra de John e a música nova “Estudar pra quê?”, o Pato Fu iniciou sua apresentação, sem Fernanda Takai no palco. Para não correr riscos, as primeiras palavras da vocalista após aparecer foram: “Rádio ligado”. Trata-se do comecinho do recente sucesso da banda, “Anormal”, retirado do delicioso Toda Cura Para Todo Mal. O momento mais bonito do show, entretanto, foi causado por um desses problemas técnicos que parecem ensaiados.


Duas Fernandas

Durante cerca de vinte segundos do hit “Depois” não se ouviu os instrumentos, tampouco os vocais de Fernanda. Sorte do Pato Fu. A platéia salvou o dia e o refrão mais famoso dos caras foi cantado em uníssono. A intenção provavelmente não era me fazer ficar arrepiado. Mas eu fiquei. Ponto para o quinteto. Quinteto sim, já que este foi o primeiro Pop Rock do novo tecladista Lulu Camargo.

« voltar para o início

» leia/escreva comentários (1)