Busca

»»

Cadastro



»» enviar

Sideral

por Rodrigo Ortega e Braulio Lorentz

» receite essa matéria para um amigo

Sideral está na lata há muito tempo. Já passou da hora de se reciclar. O trocadilho é mais do que apropriado para o cantor mineiro, que desde o semi-hit “Zero a Zero”, de 1999, ocupa espaços destinados aos novos artistas, como o palco Na Lata do Pop Rock. As parcerias com o irmão Rogério Flausino, vocalista do Jota Quest, incluindo os hits “Fácil” e “Na moral”, lhe conferem moral no mercado e preguiça por parte da imprensa e de parte do público.

Ele apresentou composições antigas e músicas novas, do recente disco Lançado ao mar, com uma faixa-título bacana e um single com refrão instantaneamente enjoativo: “Maria / Eu ainda te amaria”. Nesta hora foi muito mais legal tentar pescar alguma coisa da presença de Marcus Menna, do LS Jack. Ele apareceu para curtir o show de Sideral, mesmo se recuperando do incidente em uma operação de lipoaspiração realizada no ano passado.

« voltar para o início

» leia/escreva comentários (0)