Garota com os peitos de fora

Nossa avaliação

Depois do trailer oficial, é a vez do primeiro teaser-poster de “Millenium – Os homens que não amavam as mulheres” (título oficial e marqueteiro no Brasil) ser divulgado. Na imagem, sombria e asfixiante como o trailer, ainda não dá pra conferir a tal tatuagem de dragão. Mas dá pra ver que Rooney Mara encarou o papel-título de peito aberto. E de quebra, ela tem 007 do seu lado, então deve dar tudo certo.

“Millenium – Os homens que não amavam as mulheres” estreia no Brasil em 10 de fevereiro do ano que vem.

5 Comentários

  • Rafael Bonaldi
    Em 1 de junho de 2011 23:40 0Likes

    Acho sensualização muito desnecesária. Nem o filme orifinal e muito menos os livros lançam mão disso para deixar a personagem interessante.

  • Daniel Oliveira
    Em 1 de junho de 2011 23:45 0Likes

    Ei Rafael, prefiro resistir ao puritanismo de me chocar com peitos. É uma parte do corpo humano. E sou daquela corrente que não entende porque nos indignamos tanto com nudez e achamos normal filmes com bombas, chacinas, tiros e genocídios. Nunca vi nada gratuito nos filmes do Fincher, pelo contrário, a sexualidade nos filmes dele é bastante sutil, então mantenho minha confiança e curiosidade em ver o filme o quanto antes.

  • Rafael Bonaldi
    Em 1 de junho de 2011 23:50 0Likes

    Oi Daniel,

    Também não vejo nada de gratuito nos filmes do Fincher, sou um grande fã dele e não vou deixar de ver este.
    Não me refiri à nudez em si, mas o fato disto fugir do livro e do filme original, do fato da sensualidade não fazer parte da personagem como me parece que está sendo posto aqui.

  • Daniel Oliveira
    Em 1 de junho de 2011 23:55 0Likes

    Ei Rafael, entendo sua colocação. Mas a minha dúvida (e é realmente uma dúvida, não tenho certeza o bastante aqui pra afirmar) é: essa imagem (do poster) é realmente sensual? Acho que ela pode ser vista, sim, como sexy; mas por outro lado, pode ser entendida como uma representação da crueza e da ousadia/visceralidade da personagem e do que acontece com ela, não? Enfim, dúvidas.

  • Rafael Bonaldi
    Em 2 de junho de 2011 14:37 0Likes

    Oi Daniel,

    Sim, por este lado, é com certeza uma representação de como a sexualidade afeta a personagem (ñ sei se vc leu os livros ou viu os filmes, mas isto é muito importante para a trama). Só preso pela fidelidade à “alma” da personagem, já que como uma adaptação norte-americana, é impossível querer que o filme seja um xerox do sueco – o que também não acrescentaria nada de novo. Vamos ver o que vai dar! Confio no Fincher.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009