Existe vida fora do Facebook?

Nossa avaliação

Enquanto isso, na Europa, as premiações provam que existiram outros filmes em 2010 além de “A rede social“. “O escritor fantasma”, que havia liderado as indicações ao European Film Awards, levou seis dos sete prêmios a que concorria na noite do último sábado. O thriller do diretor Roman Polanksi foi simplesmente o melhor filme, diretor, roteiro, ator, trilha sonora e design de produção. Sobrou alguma coisa para o resto? Sim, uma migalhinha aqui, outra ali – confirme aí embaixo na lista completa de vencedores.

McGregor faz pose de filme europeu para fazer jus ao prêmio.

Melhor filme europeu: “O escritor fantasma”
Melhor diretor europeu: Roman Polanski, “O escritor fantasma”
Melhor ator europeu: Ewan McGregor, “O escritor fantasma”
Melhor atriz europeia: Sylvie Testud, “Lourdes”
Melhor roteirista europeu: Robert Harris and Roman Polanski, “O escritor fantasma”
Melhor animação europeia: “O mágico”
Melhor documentário europeu: “Nostalgia for the Light”
Melhor diretor de fotografia europeu: Giora Bejach, “Líbano”
Melhor editor europeu: Luc Barnier and Marion Monnier, “Carlos”
Melhor designer de produção europeu: Albrecht Konrad, “O escritor fantasma”
Melhor compositor europeu: Alexandre Desplat, “O escritor fantasma”
Descoberta europeia (Prêmio FIPRESCI): “Líbano”
Melhor curta europeu: “Hanoi, Warsaw”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009