Engraçadinha

Nossa avaliação

Filmes indies norte-americanos que misturam histórias de amadurecimento (ou coming of age, como eles gostam de chamar) com road movies são piores que Gremlins e todo ano parecem se multiplicar aos milhões, dando as caras nos Festivais de Sundance e Toronto da vida. Dito isso, este trailer aí embaixo de “Dirty girl” parece bem simpático e bonitinho, ainda que nada original. Lembrando um misto de “Juno” com “Transamérica”, o longa do diretor estreante Abe Sylvia segue a safadjeenha do título (Juno Temple, a garotinha bitch de “Desejo e reparação”), que parte em uma road trip com o colega gordo e gay (o estreante Jeremy Dozier) em busca do pai desconhecido. Pelo trailer, os dois dão autenticidade e empatia aos dois protagonistas, enquanto uma série de coajuvantes esquisitos (Milla Jovovich e William H. Macy juntos? Weird) flutuam ao seu redor. “Dirty girl” estreou no Festival de Toronto do ano passado e foi adquirido pelos irmãos Weinstein, que levaram Sylvia de volta pra ilha de edição, cortaram uns bons 20 minutos do filme e vão lançá-lo nos EUA em outubro próximo. Para Temple, pelo menos, a produção parece já ter trazido bons frutos – ela saiu do longa direto para uma escalação em “The Dark Knight Rises”. Confere o trailer aí embaixo e entenda porquê. Aproveitando a oportunidade, postamos o cartaz logo em seguida – só porque ele também é muito bonitinho.

[Via Cinema em Cena e ThePlaylist]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009