A A
RSS

Os Croods

por

21 de março de 2013

Cinema, Receituário

The Croods

EUA, 2013

  • Dir: Kirk De Micco, Chris Sanders
  • Elenco: Nicolas Cage, Emma Stone, Ryan Reynolds, Catherine Keener

Avaliação: ★★½☆☆ 


Receita para uma animação.

Ingredientes:

– 100% Computador

– ½ 3D de profundidade e ½ 3D de coisas saltando nos seus olhos

– ¼ de ação (vertiginosa, sempre)

– ¾ de piadas (não precisam ter graça)

– 3 pitadas de referências pseudo-filosóficas

– Relação conflituosa entre pais e filhos à vontade

– “A Era do Gelo”

– “Avatar”

– “Valente”

– “Em Busca do Vale Encantado”

– “Os Flintstones”

– “A Família Buscapé”

Modo de preparo:

No computador, pegue a premissa de “A Era do Gelo 3”, mas com os personagens de “A Era do Gelo 4” (incluindo a velhinha irritante) e insira a protagonista de “Valente”.  Dê a eles uma organização familiar pré-“Flintstones” com um pouco de “A Família Buscapé“. Nomeie como “Os Croods”. Desta forma, apesar de se passar durante a pré-história, você terá relações interpessoais pós-modernas, com direito a crise adolescente.

Para não ficar com gosto de requentado, bote aos poucos referências ao mito da caverna de Platão (afinal, são homens da CAVERNA), e alguns paralelos sutis entre luz e trevas: a razão iluminista contra a ignorância medieval. Assim, a saída da família da caverna poderá ser interpretada como a emancipação do pensamento humano, que substitui o medo e a superstição pela invenção científica. Para a metáfora funcionar, basta colocar os personagens incomodados com a escuridão e fascinados com a luz do sol e do fogo.

A divisão dos continentes, conforme “A Era do Gelo”, vai revelar aos poucos um novo mundo. Insira o visual de “Avatar” quando isso acontecer e a trama de “Em Busca do Vale Encantado” para os personagens terem algo a fazer. Misture tudo com o máximo de piadas à disposição, não se importando se funcionam: elas são mais decorativas do que saborosas.

Capriche nas cenas de ação, promovendo empolgantes momentos em terceira dimensão. Sirva com pipoca e refrigerante. Apesar do gosto comum, o prato pode agradar em cheio às crianças, que adoram repetição.

A receita, aparentemente, serve infinitas animações.

Tags: , , , ,

Leave a Reply

*

Pílula no Facebook

Enquanto isso, no Twitter

Arquivos

Categorias

-->

resume writing services