Cowboys & Aliens

Nossa avaliação

[xrr rating=3.5/5]

Depois de J. J. Abrams, agora é a vez de Jon Favreau fazer sua homenagem ao cinema. Adaptando a história em quadrinhos criada por Scott Michael Rosenberg, o diretor fez, como o título já adianta, um híbrido de dois gêneros bem hollywoodianos: o western e o filme de invasão alienígena.

“Cowboys & Aliens” começa como um típico faroeste. Um pistoleiro misterioso (Craig) chega a uma cidade onde é procurado pelo xerife e pelo rico proprietário de gados (Ford). Conhece uma bela mulher (Wilde), tenta descobrir sua própria identidade (ele acordou sem memória e com apenas um estranho dispositivo preso ao seu pulso), desafia o vilão da história e… acontece uma invasão com naves espaciais explodindo tudo e abduzindo as pessoas.

Obviamente que os inimigos irão ter que juntar forças e partir em busca dos desaparecidos, em uma trama que deve a “Rastros de Ódio”, com personagens saídos de “Por um Punhado de Dólares” (o personagem de Craig) e “o Homem que Matou o Facínora” (a primeira aparição do dono de bar interpretado por Sam Rockwell é uma clara homenagem a James Stewart) e ação tirada de “Independence Day”.

Que toda essa mistura faça sentido é mérito de Favreau e dos atores que levam a história a sério. O filme é uma diversão boba e sem um pingo de originalidade que brinca com os clichês a seu favor: o vilão com cicatriz no rosto, o garotinho, o cachorro, tudo que você já viu antes está ali exatamente para causar essa familiaridade e levar a um final esperado, deixando todo mundo satisfeito.

Não. Não é um efeito especial...

Há problemas, como o desenvolvimento do personagem de Wilde, que nunca é aprofundado e parece uma preguiçosa solução do roteiro para explicar a trama aos espectadores. Entretanto, assim como em “Tron: O Legado”, a falta de expressividade da atriz é bem aproveitada no papel. Já Daniel Craig está ótimo como o homem calado e violento que pode surpreender a qualquer momento e a química funciona com Ford, que não faz muito esforço para entregar mais um anti-herói de ação.

O filme se desenvolve sem maiores problemas, nunca perdendo o ritmo e lotado de referências visuais (além das já citadas): de “Bravura Indômita” a “Guerra dos Mundos”, “O Império Contra-Ataca” e “Indiana Jones”.

“Cowboys & Aliens” tem bons efeitos especiais, passa rápido, é engraçado, emocionante e descompromissado. E não é sempre que se pode ver James Bond e o Dr. Jones lado a lado…

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010