Charles Bronson (with brains)?

Desconhecido

No auge do sucesso d’O Código da Vinci de Dan Brown, a especulação sobre quem viveria o protagonista no cinema colocava a disputa entre George Clooney, Hugh Jackman e Tom Hanks. O último ganhou e fez dois filmes… medíocres. O que ninguém imaginava é que o Robert Langdon ideal estava escondido sob o ar austero e a fisicalidade crepuscular de Liam Neeson.

72 horas

Algumas resenhas são como brincar de Jogo dos 7 erros. Você olha para a figura toda e é tanta coisa dando errado ao mesmo tempo que é difícil apontar onde a receita desandou de vez. Acredito que no caso de “72 horas”, esse ponto tenha sido a escalação de Elizabeth Banks. A personagem dela – Lara Brennan, acusada e condenada de matar a chefe – é essencial para o filme, além de ser seu maior trunfo. Para que compremos a trama rocambolesca, é preciso que Lara seja:

  • A gente
  • Home
  • Retro
  • Homeopatia
  • Overdose
  • Plantão
  • Receituário
  • Ressonância
  • Sem categoria
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009